Hiroshi Bogéa On line

Paulo Rocha anuncia administração descentralizada com subsede do governo em Marabá e Santarém

A Caravana Pra Viver em Paz levou esperança, no final de semana, a diversos municípios das regiões sul e sudeste do Pará.

Paulo Rocha falou de suas propostas ao governo do Pará.

“Vamos descentralizar o governo, para que chegue às regiões historicamente desprezadas. Vamos criar pelo menos duas subsedes do governo, uma em Marabá e outra em Santarém”.

Outra medida é a mudança do modelo econômico.

“Precisamos migrar o modo atual, que é primário exportador para o modelo inclusivo de valorização da agricultura familiar e verticalização da produção mineral, madeireira, etc. Precisamos transformar Marabá em uma cidade industrial”, disse o candidato do PT.

Lula, eleito presidente, e Paulo, governador, será retomado o projeto de instalação da siderúrgica, um dos mais importantes empreendimentos para o desenvolvimento da região de Carajás.

A comitiva do PT/PCdoB fez uma homenagem ao líder Geraldo José da Silva, assassinado em 2008, na região.

Geraldo era presidente do STTR de Nova Ipixuna.

A filha do homenageado, Caroline Cunha, explicou emocionada que a mãe dela, Luciene Cunha, precisou deixar a luta por justiça social no campo para poder criar os filhos.

Além de reuniões, comícios e encontros com lideranças, a caravana visitou a sede do INSS, do Ibama, da Unifesspa e o residencial Jardim do Éden, que conta 960 moradias do projeto Minha Casa, Minha Vida.

À tarde, os candidatos tiveram ainda reunião com dirigentes da Associação Comercial e Industrial de Marabá.

Reivindicações

Os candidatos Zé Geraldo, senador, Airton Faleiro, deputado estadual, e Miriquinho Batista, deputado federal, além de Marta Costa, também candidata a deputada federal, iniciaram a caravana pelo sul e sudeste na quarta-feira, 22 de agosto de 2018, e encerraram as atividades políticas na região no domingo, 26.

Foram reuniões, plenárias, caminhadas, carreatas e visitas às obras deixadas por Lula, Dilma e do governo do Pará Ana Júlia, ex-governadora, que, agora como candidata a deputada federal pelo PCdoB, participou da carreata, comício e visita ao Minha Casa Minha Vida, em Marabá.

O PCdoB está coligado com o PT.

O candidato a deputado estadual pelo PT, Torket Xikrin, da aldeia Cateté, localizada em Parauapebas, participou da primeira atividade no sudeste, uma reunião com professores e coordenadores dos cursos de graduação e pós graduação da Unifesspa, UEPA e IFPA, e lideranças do movimento estudantil, realizada em Marabá, na tarde da quarta-feira, 22.

Os professores e coordenadores denunciaram aos candidatos e parlamentares os cortes feitos pelo governo Temer aos orçamentos da educação.

Os representantes do DCE, da UNE e da JPT propuseram para o candidato ao governo do Pará a instalação de casa do estudante em todos os municípios onde houver campus da UEPA.

À noite, os candidatos realizaram um comício na Praça da Liberdade, na Cidade Nova, com a presença dos candidatos à Câmara Federal, Ana Júlia, do PCdoB, Marta Costa e Airton Faleiro, do PT, e do deputado estadual Dirceu Ten Caten, candidato à reeleição.

O presidente da UNE, União Nacional dos Estudantes, Igor Silva, denunciou a falta de compromisso dos governos federal e estadual com a região e com o setor da educação. (Assessoria da Coligação PT/PCdoB)

Post de 

1 Comentário

  1. Apinajé

    27 de agosto de 2018 - 13:42 - 13:42
    Reply

    Promessas de campanha nada mais que isso,ainda que fossem colocadas em prática de nada mudaria nosso estado,infelizmente o fundo do poço chegou,com esse quadro estadual e nacional que se apresenta,não vejo solução a curto prazo,caminhamos a passos largos para o caos.
    A caserna aguarda o toque da alvorada,cascavéis e urutus estão abastecidos,estão brincando com fogo,uma crise institucional se avizinha…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *