Hiroshi Bogéa On line

Parcerias do Governo e Faepa visam fortalecer Agricultura e Pecuária no Pará

Governo do Estado e a Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa) celebraram seis parcerias, entre elas, a que irá viabilizar a implantação do Programa “Cinturão Verde” e outras ações de fomento e desenvolvimento das cadeias produtivas.

“Estou feliz de estar na casa do campo paraense para discutir e encontrar soluções para tornar Estado cada vez mais protagonista de suas vocações”, destacou o governador Helder Barbalho. “Festejo as parcerias do Governo com a Agricultura e tantos outros órgãos fundamentais, como o [Serviço Nacional de Aprendizagem Rural] Senar, a [Universidade Federal Rural da Amazônia] Ufra, compreendendo a grandeza do desafio que temos para construir as condições de aperfeiçoamento das atividades do campo. O mundo globalizado nos exige qualidade e competitividade, e não poderemos ter êxito de forma isolada”, reconheceu.

Durante o evento, foram apresentadas as perspectivas de projetos como o Vitrine Tecnológica do Agronegócio Paraense de oferta de biodiversidade e ainda oferecida por Xavier ao Banco do Estado do Pará (Banpará) uma carta de intenções para a construção de 250 unidades indústrias processadoras de cacau para a verticalização da produção de chocolate no Estado.

“Essa expansão pode garantir que sejamos o grande produtor de cacau do mundo, porque é real a necessidade de verticalização para podermos gerar emprego e renda aqui, e não lá fora. Seremos o maior Estado desse país, só depende de todos nós, esse é o sentimento”, declarou o presidente da Faepa, reforçando que parte dos protocolos firmados ontem tiveram processo iniciado ainda durante as gestões de Helder enquanto ministro do Governo Federal.

Reinaldo Zucatelli, um dos maiores expoentes do agronegócio paraense, também presente à solenidade, destacou a importância dos convênios assinados.

“É promissor quando presenciamos esse tipo de parceria, porque demonstra o quanto estão unidos em favor da consolidação  de nossa economia, o governo e o setor privado.  A visão macro do governador Helder Barbalho , aliada a experiencia do nosso presidente da Faepa, certamente construirão uma página de completo desenvolvimento do agronegócio em nosso Estado. Estou agora muito esperançoso”, disse Zucatelli.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *