Hiroshi Bogéa On line

Pará tem saldo negativo na balança comercial: 6,38%

Queda de 6,38% em relação aos meses de janeiro, fevereiro e março/2018.

Esse é saldo negativo da balança comercial do Pará fechando primeiro trimestre.

Dados divulgados pela Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa) mostram que, entre os meses de janeiro e março de 2019, o número alcançou US$ 2,9 bilhões.

No mesmo período do ano passado,  o resultado foi de US$ 3,1 bilhões.

A Fiepa diz que o desempenho foi negativo em decorrência da instabilidade econômica enfrentada tanto no Brasil, com o governo de Jair Bolsonaro, quanto no restante do mundo, com os impasses comerciais entre Estados Unidos e China, por exemplo.

“Temos três motivos para a queda na balança comercial. O primeiro são os conflitos entre os grandes compradores dos produtos paraenses, como EUA, China e os países da Europa. Outro motivo é o crescimento de alguns países, que passam a depender menos dos nossos produtos. Já o terceiro fator é a recessão de outras grandes economias, principalmente após a saída do Reino Unido da União Europeia. Tudo isso afeta a economia brasileira”, explicou  Cassandra Lobato, coordenadora do Centro Internacional de Negócios da Fiepa.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *