Hiroshi Bogéa On line

O sonho de ser radialista leva jovem a viajar de bicicleta, de Marabá a São Paulo

Informação é do repórter Vito Gemaque:

 

Mais de 2.359 Km foram percorridos em cima de uma bicicleta e com R$ 20 no bolso na busca de um sonho. O jovem baiano Ailton Santos de Souza (foto), de 21 anos, saiu de Marabá, sudeste do Estado do Pará, em cima da bicicleta recém comprada no último dia 7 deste mês em direção a São Paulo capital.

Após 20 dias pedalando Ailton chegou a capital paulista na tentativa de participar de um programa de televisão que lhe ajude a se tornar um locutor de rádio profissional.

“Eu estou indo para lá porque desde os dez anos tenho o sonho de ser radialista. Para realizar o sonho de ser um locutor profissional, ter a carteirinha, e quem sabe ganhar os equipamentos para fazer e vender minhas vinhetas pensei em ir para o programa de bicicleta”, revelou.

O jovem também conhecido como Ailton Radialista nas redes sociais conta com a ajuda de moradores de cidades no trajeto, caminhoneiros e motoristas para comer e beber. As noites de sono são a beira da estrada com a bicicleta ao lado.

Natural de Barreiras, na Bahia, ele se mudou de Brasília (DF) para Marabá há pouco mais de três meses na promessa de um emprego.

Ao chegar na cidade paraense, a promessa não se cumpriu e Ailton sem família ou amigos no local teve que se virar para sobreviver.

“Estava em Brasília quando conheci um rapaz que me chamou para trabalhar com ele em Marabá. Chegou lá e não deu certo. Fiz um cartaz para conseguir um serviço para pegar o dinheiro e ir embora, porque não tinha ninguém em Marabá. Eu consegui emprego num supermercado”, conta.

Após conseguir o emprego de embalador em uma grande rede de supermercado, Ailton decidiu largar tudo e correr em busca do sonho.

“Eu disse vou pedir a conta e vou para São Paulo realizar meu sonho de ser locutor profissional. Eu pedi a conta e com o dinheiro comprei a bicicleta, peguei a estradona, passei sede e fome, mas nada ia me impedir, não desista, persista, vai em frente”.

Pai de um menino de seis meses, que mora em Brasília com a ex-esposa, Ailton sonha também em dar condições melhor de vida para o filho.

Pelas redes sociais o futuro locutor mantém contato com a família e com os fãs em lives e vídeos divulgados nas próprias redes.

Os vídeos também são divulgados por outras pessoas que o baiano conhece na estrada. Entretanto, nem todos lhe apoiam. “Minha família diz que é coisa de louco, de doido da cabeça”.

Mesmo assim, o rapaz está confiante de que nada lhe impedirá de realizar o grande sonho.

“Eu fiz essa promessa para mim mesmo, eu vou pegar a estrada para ir de bicicleta. Se a pessoa for de ônibus, ou de avião, a pessoa não consegue, porque está achando que é fácil. Ir de bicicleta é difícil, o que é difícil se torna realidade. O que vem fácil, vai fácil”, acredita.

Com apenas R$ 20 no bolso, o jovem depositou todas as esperanças na fé de encontrar pessoas generosas que lhe ajudassem a conseguir comida e água na estrada.

Os pedidos para o céu também foram para não sofrer nenhum problema na estrada. A chegada em São Paulo após 20 dias já é uma vitória que ele agradece aos céus.

“Antes de sair, eu me ajoelhei na BR meia-noite, e pedi Deus vai na frente para realizar meu sonho, me livra de acidente e assalto, coloca pessoa boas no meu caminho para ajudar, tira toda pessoa negativa. Deus está comigo até hoje! De Marabá pra cá meu pneu nunca furou”, agradeceu.

Em um dos momentos mais difíceis da viagem Ailton voltou a se ajoelhar no asfalto para pedir ajuda a qualquer motorista que lhe desse água, já que a distância para a próxima cidade Araguaína era muito grande.

Com apenas R$ 20 no bolso, o jovem depositou todas as esperanças na fé de encontrar pessoas generosas que lhe ajudassem a conseguir comida e água na estrada.

Os pedidos para o céu também foram para não sofrer nenhum problema na estrada.

A chegada em São Paulo após 20 dias já é uma vitória que ele agradece aos céus.

“Antes de sair, eu me ajoelhei na BR meia-noite, e pedi Deus vai na frente para realizar meu sonho, me livra de acidente e assalto, coloca pessoa boas no meu caminho para ajudar, tira toda pessoa negativa. Deus está comigo até hoje! De Marabá pra cá meu pneu nunca furou”, agradeceu.

Em um dos momentos mais difíceis da viagem Ailton voltou a se ajoelhar no asfalto para pedir ajuda a qualquer motorista que lhe desse água, já que a distância para a próxima cidade Araguaína era muito grande.

A expectativa de Ailton ao chegar em São Paulo é participar do programa da TV Record ‘A Hora do Faro’. Uma funcionária da TV Record teria entrado em contato com Ailton e disse que tentaria fazer com o vídeo do rapaz chegasse até o diretor do programa de Faro.

Post de 

1 Comentário

  1. A.S.A (Apinajé)

    26 de novembro de 2019 - 20:20 - 20:20
    Reply

    Esse negócio de pedalar num dá muito certo.
    Já vi até presidente perder o cargo rsrsrs.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *