Hiroshi Bogéa On line

Nove frentes de trabalho atuam na recuperação da PA-150

Como tem feito toda semana ao cumprir agenda de ficar três dias na sede da secretaria, em Belém,  e o restante percorrendo obras sob a responsabilidade da Setran no Estado, o titular da Secretaria de Transportes, Pádua Andrade,  colocou o pé na estrada e foi ver de perto os trechos em obras da rodovia PA-150, terceira  maior rodovia na malha estadual em extensão.

Ao todo, são nove frentes de trabalho ao longo da rodovia,  gerando mais de 300 empregos diretos.

Mesmo no período  chuvoso os trabalhos não param, com obras em toda sua extensão.

Sessenta e cinco quilômetros estão sendo reconstruídos e o restante da rodovia recebe obras de manutenção e conservação.

“Ao todo, na PA-150 estamos com 9 frentes de serviço, sendo três de manutenção e conservação e cinco em restauração e outra de manutenção, de forma que nós possamos garantir o tráfego, acessibilidade, segurança e tranquilidade da principal via de acesso a Belém, a Alça Viária, Barcarena e ao porto de Vila do Conde”, disse Pádua  Andrade.

No vídeo abaixo, o próprio Pádua Andrade explica como estão as obras de recuperação da PA-150.

Os trabalhos de conservação iniciam no município Moju e se estendem até Goianésia do Pará, onde se iniciam os trabalhos de reconstrução da rodovia PA-150 até o distrito de Morada Nova, em Marabá.

Ao todo já foram reconstruídos cerca de 20 quilômetros da PA-150.

Estão sendo feitos serviços de substituição da base, sub- base, drenagem, fresagem, pavimentação, limpeza do acostamento e a via receberá ainda sinalização horizontal e vertical.

Estiveram ainda na vistoria as obras da PA-150 o diretor Administrativo Financeiro da Setran, Edvan Oliveira, o diretor do 5º Núcleo Regional da Secretaria, José Leite e a coordenadora de Obras, Leila Martins.

Foram observadas questões  técnicas de conservação, manutenção e reconstrução da rodovia, que foi construída há mais de 30 anos, ainda no governo Jader Barbalho.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *