Hiroshi Bogéa On line

Na sala do cafezinho

 

 

O que as pré-candidaturas de Jorge Bichara (PV) e Ítalo Ipojucan (PMDB) à prefeitura de Marabá têm em comum?

Definitivamente, evitar qualquer tipo de acordo numa  hipotética composição com o ex-prefeito de Marabá, Sebastião Miranda (PTB), pré-candidato declarado do governador Simão Jatene (PSDB).

Os dois podem até caminhar juntos, integrando  uma dobradinha cuja composição só o tempo dirá – mas dificilmente apoiariam as pretensões de  Miranda retornar ao poder municipal.

Bichara e Ipojucan entendem ser hoje as duas únicas alternativas disponíveis para o eleitorado que não simpatiza com as formas de administração do ex-prefeito petebista e do atual, Maurino Magalhães (PR).

Na avaliação de ambos, a  viabilidade eleitoral de  João Salame (PPS) só viria se concretizar caso o deputado do PPS rompesse comprovadamente  com o governo do Estado e consumasse a quebra de seus laços com Tião Miranda – fato dificilmente  propicio a se concretizar devido aos muitos interesses em jogo  a serem destratados.

Defendem a tese de que o eleitorado ainda não absorveu como verdadeira a divulgação da entrega dos cargos que João Salame detém na estrutura estadual, e que se isso continuar a prevalecer, Salame não se viabilizaria como alternativa de oposição às pretensões de Tião Miranda.

Jorge Bichara vê sua presença na eleição de outubro de forma prática: não teria nada a perder diante da possibilidade de demonstrar, durante a campanha eleitora,l suas propostas para administrar Marabá, “rompendo esse modelo viciado e totalmente distanciado da nova realidade que se apresenta para o município construir seu verdadeiro futuro”, avalia.

Em suas reflexões para os mais próximos, o médico marabaense compreende sua participação na disputa municipal como um ganho considerável, ao analisar a repercussão  que seu discurso pode injetar na consciência do eleitorado ávido por mudanças profundas no tabuleiro político do município.

Por seu turno, Ítalo Ipojucan confia na força das lideranças do PMDB  e na própria estrutura partidária existente em Marabá, onde conta com políticos bons de votos como o deputado Asdrubal Bentes, Nagib Mutran Neto, uma leva de bons nomes ao Legislativo, além de seu próprio discurso voltado ao desenvolvimento industrial, podem surpreender.

Ítalo e Bichara devem voltar a conversar nos próximos dias.

Também não descartam  colocar na bandeja  mais uma xícara de café para inserir a presença de João Salame à roda de bate-papo.

Post de 

20 Comentários

  1. anonimo

    22 de janeiro de 2012 - 21:04 - 21:04
    Reply

    Ola anonimo das 6,46h de qual Maurino vc se refere, sera o Maurino que prometeu, pronto socorro 24h na vila Santa Fé? ou sera o Maurino que prometeu para o funcionalismo municipal dobrar o vale refeição, e que hoje ja é conhecido como vale tira gosto, e que fica ate 2 meses atrazado, ou vc se refere ao Maurino que prometeu iluminar a ponte no rio tocantins e todo o são Felix criando assim um bairro cartão postal do lado de la. Quanto a sua esperança de uma coligação com o PT eu torço, pois os 2 morreram abraçados, quanto aos empresarios e dono de jornal cito folha do Para e jornal do comercio ssão distribuidos gratuitamente em Maraba todos pertencem a pessóas ligado ao Maurino. Ja a sua tão falada reforma de sua residencia ai no lado de la mostrou toda sua competencia administrativa ja se passaram quse 4 anos para reforma uma casa, e vc acredita nesta historia? espero que vc acredite em prefeito que não deichar atrazar salarios, e que pague os fornecedores em dias, e que não fique doando 5 MIL REAIS para lançamento de cantores évangelicos.

  2. Anônimo

    22 de janeiro de 2012 - 06:46 - 6:46
    Reply

    Podem vir quente que o Tião esta Fedendo. é engano Alguem achar que o povo de Marabá já esqueceu a traição que o ganancioso do Tião nos presentiou.estão esquecendo que o Maurino de todos é o mais proximo do povão.Zona rural,areas de invazão urbana,esporte,Habitação e está resolvendo tudo que os outros não tiveram a coragem de Fazer.além da legião evangêlica que a cada dia que passa,sabe que nesse governo tiverem apoio que sempre foi negado.é as entidades socias que não eram recebidas e nem apoiadas por outros governos.Maurino vem de parceria com o incra,para dar apoio aos projetos de assentamentos da zona rural.areas que o PT e o governo federal apoia.pensem estes outros são ligados a burgezia,a dono de jornais,a empresários oportunista e etc. Maurino tem contato direto com o povo.breve estará em sua reformada residência conversando de perto com o povo.

  3. anonimo

    20 de janeiro de 2012 - 09:16 - 9:16
    Reply

    Ai……Ai………Juvenal isto não é sonho……è Pesadelo.

  4. Capitu

    19 de janeiro de 2012 - 22:02 - 22:02
    Reply

    Noé;
    Não tenha medo dos leões.
    Leões barulhentos não agem, só rugem…
    Nós os colocamos no chinelo, e pisamos. Bem pisadinhos!!!

  5. NOÉ LIMA

    19 de janeiro de 2012 - 20:59 - 20:59
    Reply

    Arrasouuu CAPITU… vou ficar calado, pois vêm leões aí…

    NOÉ LIMA
    Presidente LGBT de Marabá
    Conselheiro Tutelar (suplente)
    Conselheiro Estadual da Diversidade Sexual

  6. Capitu

    19 de janeiro de 2012 - 20:40 - 20:40
    Reply

    Até um sapo tem história!!!
    O dificil é ter caráter.

  7. Paiva

    19 de janeiro de 2012 - 16:45 - 16:45
    Reply

    Insisto Capitu. O Salame tem hist

  8. anonimo

    19 de janeiro de 2012 - 16:08 - 16:08
    Reply

    Podem vim quente que o Tião, ja esta fervendo.

  9. Paulo Fontes

    19 de janeiro de 2012 - 15:24 - 15:24
    Reply

    Desculpa ai Km 7 mas se o Deputado João Salame eo melhor pra cidade como você diz, na minha opinião eu o vejo como um oportuno sujeito que a anos senta naquela cadeira e pela cidade nada fez alem de vender jornais com materias duvidosas ele sim e um segundo Maurino que na campanha passada mostrou ser uma pessoa diferente do que ele diz se vc acha o tião careca ignorante tope um dia com esse sujeito cheio de boas ideias no ano eleitoral pena as ideias dele so surgirem em epoca de eleicão.

  10. Capitu

    19 de janeiro de 2012 - 13:55 - 13:55
    Reply

    Paiva;
    Comentários não ganham eleição, concordo!
    Mas fazer parcerias com qualquer um para ganhar eleição é não possuir ética, príncipios, valores….
    Eles se dão super bem, no entanto não precisamos de amiguinhos super legalzinhos administrando Marabá, precisamos de pessoas sérias, com firmeza de cárater, que não se aproveitam das situações para se fazerem de bonzinhos.
    Chega de experimentações políticas!!!
    Burrice é manter um olhar estreitado com o único intuito de vencer Tião Miranda.
    Como falam parecem que estão morrendo de medo do Tião, tomam atitudes de covardes para vencerem o homem.
    Que decepção ler isso vindo de um homem!!!

  11. Paiva

    19 de janeiro de 2012 - 12:25 - 12:25
    Reply

    Capitu.
    Salame, Italo e Jorge Bichara se dão super bem. É burrice estimular qualquer confronto entre eles. O Tião já é muito forte e se esses três se dividirem não tem pra ninguém. Depois do plebiscito surgiu uma luz no fim do túnel, uma chance do Tião ser derrotado, mas pra isso esses três tem que estar juntos. São boas pessoas, de índole boa e competentes. Marabá teria a ganhar se os três se unissem. E ainda precisarão unir mais gente. Ganhar eleição fazendo comentário em blog é fácil. Difícil é convencer o povão a votar

  12. Marcus

    19 de janeiro de 2012 - 11:07 - 11:07
    Reply

    Concordo com o Anônimo das 9:51, se elegeu-se deputado, que cumpra seu mandato. Não o entregue a alguém sem vínculo com essa região.

  13. Anônimo

    19 de janeiro de 2012 - 09:51 - 9:51
    Reply

    Gostaria de saber os projetos do Deputado Tião Miranda para essa região? Nem em discurso apareceu na Assembleia legislativa. Lembro aos senhores que ao deixar sua vaga de deputado para concorrer a de prefeito, ele dará vacância e quem tomará posse em seu lugar é um deputado de outra região, nos deixando com menos representatividade ainda no estado. Por fim, um cara que foi contrário a opinião de 90% do eleitorado marabaense, não pode estar realmente preocupado com os anseios do povo dessa cidade. Tião foi contra Carajás e não traz uma cibalena para essa região, por que está marcando passo esperando a Prefeitura, onde poderá ganhar, ou melhor tirar maior proveito.

  14. Anônimo Filho de Marabá

    18 de janeiro de 2012 - 15:49 - 15:49
    Reply

    Hiroshi, muito boa a matéria postada aqui no blog. Quero externar minha opinão,abservando aos nossos pretensos candidatos, Dr.Jorge Bichara e Itálo Ipojucan,que não se deixem levar pela ignorancia do Homem, pois, qualquer articulação, entendo como parametro principal, o cafezinho com o Dep. Salame. Se agirem assim,no meu pouco conhecimento politico, a eleição para prefeito fica mais facil,pois enfrentar o arrogante do Tião, com a maquina do estado não é tarefa fácil.Desejo, muita luz divina a todos, Dr.Bichara,Itálo e Dep.Salame.Voces são nossas esperanças!

  15. Km 07

    18 de janeiro de 2012 - 15:45 - 15:45
    Reply

    Hiroshi.
    De todos, o candidato mais preparado para a prefeitura de Marabá é o Salame, vem mostrando seu desempenho como deputado, desde seu primeiro mandato, está no segundo com o mesmo espirito de coletividade e tair o exemplo de luta pela uma causa nobre que se chama carajás, esse rapaz tem futuro voto nele para prefeito, chega de Tião, até trabalhador mas extremamente arrogante, só pensa nele e no Franco, Mauindo, incompetente até a oitava geração, não dúvida o Salame é a bola da vez.

  16. João Dias

    18 de janeiro de 2012 - 14:11 - 14:11
    Reply

    Caro Iroshi,

    Considerando a importância do tema; que os candidatos, na visão de parte dos eleitores possuem uma história de trabalho sério e honesto na rica, populosa e grandiosa Marabá; que estão envolvidos em questões sociais e ambientais; que esta é a Nova Ordem Econômica e Social Mundial, entendi, por oportuno, tornar conhecido do público cidadão, o artigo do colega da OAB/Bahia, se você, de igual modo, estiver de acordo.

    Artigo: Corrupção – a saúva do século XXI
    terça-feira, 17 de janeiro de 2012 às 15h20
    Brasília, 17/01/2012 – O artigo “Corrupção – a saúva do século XXI” é de autoria do presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da Bahia, Saul Quadros Filho, e foi publicado ontem (16), no Jornal A Tarde:

    “Talvez seja difícil determinar quem foi o autor da frase: “ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil”.

    A saúva tanto corta folhas em árvores gigantescas, como arbustos, ervas e gramas. Quando ela ataca, sabe ser tremendamente eficiente.

    Ela tem, também, uma fantástica capacidade de reprodução. Uma colônia de formigas cortadeiras, a não ser que seja exterminada pelo homem, tem longevidade indefinida, enfraquece, mas se recupera. A saúva já não tem inimigos naturais. O tamanduá está em extinção e os tatus não vão muito atrás.

    A formiga prefere plantas enfraquecidas. O mal do Brasil deixou de ser a saúva dos tempos do Jeca Tatu, de Monteiro Lobato, para se revelar nos furtos à fazenda pública, permitidos pelo desgoverno e pela cumplicidade dos gestores governamentais.

    No Brasil de ontem, a praga era a saúva. Hoje, é a corrupção. O País, sob o aspecto ético, está sendo “quebrado em pedaços”.
    A corrupção é crime que precisa ser punido. Ela está presente no mundo inteiro, com maior evidência, nos países não democráticos e do terceiro mundo.

    Sacrifica a sociedade como um todo, especialmente a camada mais pobre, que depende mais dos serviços públicos para suprir necessidades sociais (infraestrutura, saúde, educação, previdência etc.).

    Em recente pesquisa feita entre cerca de 20 mil brasileiros, dos entrevistados, 71,97% acreditam que a corrupção aumentou muito nos últimos cinco anos.

    Igual ou pior do que o corrupto é o corruptor, aquele que oferece presentes, dinheiro, vantagens (jatinhos para viagem), ao corrupto, que vende a honra, mas sabe que pode “honrar o compromisso assumido”.
    É isto que vemos às escancaras no Brasil. Uma vergonha! Essas pessoas não podem ficar impunes.

    A corrupção é tão eficiente quanto à saúva.
    O “loteamento de cargos públicos”, praga institucionalizada no Brasil, em nome da “governabilidade”, não passa de um patético “jogo de acomodação”, que tem prestado enormes desserviços ao nosso povo e à nação.
    Tal como as “plantas enfraquecidas”, como preferem as saúvas para destruí-las, a democracia do “jogo de acomodações” torna-se presa fácil da corrupção.

    Tão eficiente como a saúva, a corrupção atinge todos os níveis de poder. Está presente no Legislativo, Executivo e Judiciário.

    (…)”

    sds. democráticas e marabaenses.

  17. ANONIMO

    18 de janeiro de 2012 - 13:51 - 13:51
    Reply

    Candidato tem que ter proposta admnistrativa(aí cada um pode colocar o seu carimbo pessoal,inclusive o Jorge Bichara)mas rem que ter articulação política para governar,senão,fica refém do legislativo,e aí aonde o Tião “dá de braçada” em todos os outros; e daí vem sua folgada,mas põe folgada nisso,liderança,em todas as pesquisas.

  18. anonimo

    18 de janeiro de 2012 - 09:11 - 9:11
    Reply

    Hirosche sou eleitor de Maraba, e voto no Tião pela sua capacidade de gestão ja comprovada, não votei e nem voto no Jatene.

  19. Marabaense sim

    18 de janeiro de 2012 - 08:56 - 8:56
    Reply

    Capitu, perfeito! Concordo plenamente.

  20. Capitu

    18 de janeiro de 2012 - 04:09 - 4:09
    Reply

    Bom post Hiroshi.
    Essa é a bola da vez: as articulações políticas para a prefeitura. Não perca o foco!!!
    Quem disse que mulher não gosta de política? Eu sou apaixonada por política!!!
    Os nomes: Jorge Bichara e Italo Ipojucan são perfeitos, possuem uma história de trabalho sério e honesto em nosso municipio. São envolvidos em questões sociais e ambientais, visão imprescindível para os futuros gestores: administrar com sustentabilidade.
    Só os percebo meio inseguros, procurando coligações com politícos, que de tão oportunistas, perderam sua identidade ideológica. Um dos graves erros do governo Lula.
    Eles não precisam tomar cafezinho com Salame. Eles se bastam. Sozinhos já derrubam qualquer pretensão.
    Mais autoconfiança, é isso que falta!!!
    Porque programa político provaram que não lhes falta. E precisamos de bons programas, estratégias para salvar Marabá, nossa amada cidade tão combalida! Uma pobre mulher traída por insensíveis egoístas.
    Mas dará a volta por cima, assumindo compromisso sério com quem lhe dará o valor merecido!!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *