Hiroshi Bogéa On line

Marabá tem a terceira maior frota de veículos do Estado.

 

Circulam nas ruas de Marabá aproximadamente 100 mil veículos, sendo que 83.213 são da frota da cidade. É a terceira maior frota do estado, segundo o diretor do Detran, Gilvan Santos.

Os dados são atualizados mensalmente pelo sistema de planejamento do Detran.

Veja a tabela, de acordo com dados mais recentes:

Veículo

                         Quantidade
Motocicleta 34.016
Automovel 22.565
Motoneta 10.021
Caminhonete 7.568
Caminhão 3.484
Camioneta 1.645
Semi-reboque 832
Reboque 766
Ônibus 581
Caminhão trator 571
Utilitário 345
Ciclomotor 337
Microonibus 328
Triciclo 146
Trator de rodas 7
Sidecar 1

Frota

De acordo com Gilvan, a cidade não tem estrutura para a quantidade de veículos  circulante-  o que explicaria tantos acidentes, além, é claro, da irresponsabilidade de muitos condutores.

“A cidade não tem infraestrutura para essa quantidade significativa de veículos, falta sinalização, semáforo, eletrônica, parada de ônibus, passarelas, coisas que são de competência do departamento competente, que é municipalizado”, diz o diretor .  (Eliane Gomes)

Post de 

3 Comentários

  1. Kosmos

    4 de fevereiro de 2014 - 01:04 - 1:04
    Reply

    Digo, apoio totalmente a idéia desses sistemas (Metrô e BRT) para Marabá! E ainda seria bom porque o aço das estruturas seria vendido e comprado aqui mesmo.

  2. Kosmos

    4 de fevereiro de 2014 - 01:01 - 1:01
    Reply

    ^^^^
    Apoio a idéia daí de cima!

  3. Luís Sergio Anders Cavalcante

    2 de fevereiro de 2014 - 08:51 - 8:51
    Reply

    Hiro, nesse sentido, venho insistindo na construção de “Metrô” ou BRT. O que aliviaria em muito o trânsito para os veículos menores. Mesmo sem conhecimento técnico da matéria, acho viável, necessário e perfeitamente factível. Considerando ainda a velocidade com quê, diariamente, são inseridos mais e mais veículos no trânsito local, bem como, enquanto ainda temos “espaço e tempo hábil” para tal. Em 02.02.14, Mba.-PA.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *