Hiroshi Bogéa On line

“Lua, lua, lua, lua – por um momento, meu canto contigo compactua …”

 

As fotos evocativas da lua geram muitos comentários, quando tiradas corretamente.

Infelizmente, não é simplesmente apontar sua câmera para  ela e tirar a foto de qualquer jeito.

Apesar de essa prática ser tentadora, deve ser evitada, pois no fim fará com que a foto não fique tão boa como deveria, o que, consequentemente, não atrairá a visão das pessoas, por pensarem que não vale a pena perder tempo vendo algo que não possui qualidade.

O editor de vídeo e repórter fotográfico Marcelo Sousa, usando uma máquina Canon  60-D, e uma lente 75-300, ajustando no ponto ideal  Iso (2.500) abertura (F/14) e a velocidade (100) do obturador,  conseguiu flagrar a lua  numa postura  poética tanto perseguida.

Da varanda de sua casa, na Folha 28, por volta de 22 horas, Marcelo esnobou imagens da lua, como a que selecionamos.

Lua

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *