Hiroshi Bogéa On line

Jatene inaugura em Marabá Pro Paz e 34o Batalhão de Polícia Militar

O Governo do Estado inaugura, nesta terça-feira (28), no município de Marabá, a unidade do Pro Paz Integrado e a Companhia Independente de Missões Especiais (CIME), sendo esta última uma unidade operacional de polícia ostensiva para atender com maior eficiência e eficácia a execução das ações e aprimorar a segurança pública da sociedade nos municípios das regiões sul e sudeste do Pará.

Na oportunidade, o governador Simão Jatene assinará o decreto de ativação do 34º Batalhão da Polícia Militar (PM), apresentará os novos soldados da corporação e entregará motocicletas para cobertura policial em Marabá, Redenção e São Félix do Xingu.

Pro Paz- Com a inauguração do Pro Paz Integrado, será ampliado o atendimento humanizado e integral às mulheres, crianças e adolescente em situação de violência. Localizada no bairro Amapá, a unidade atenderá toda região sul e sudeste do Estado. Nela, trabalharão juntos os policiais civis e militares, e os profissionais das áreas de assistência social, psicologia, serviço médico e de pericia.

O programa Pro Paz deu a oportunidade ao Pará de um reconhecimento nacional e internacional por ter sido pioneiro no Brasil ao adotar concepção de trabalho que agrega, em um único espaço, todos os serviços necessários a uma assistência imediata, humanizada às vítimas de violência doméstica, familiar ou sexual. É reconhecido ainda como prática referência e pioneira no país pela ONG internacional Childhood, que atua na prevenção da violência sexual contra crianças e adolescentes e na sua proteção contra processos de revitimização decorrentes de processos judiciais.

Os serviços oferecidos são acolhimento psicossocial especializado, garantia dos direitos básicos relacionados à saúde física, emocional, mental e reprodutiva; prevenção DSTs/AIDS e gravidez decorrente de estupro, através de medidas profiláticas, nos casos detectados até 72 horas; e ainda a interrupção da gravidez decorrente de violência sexual, conforme prevê a legislação.

Desde a sua criação e operação em 2004, o Pro Paz Interado já atendeu – até julho de 2018 – 54.831 casos. O Pará está na vanguarda deste formato de atendimento, pois é o único da federação a ofertar tratamento integrado às mulheres, crianças e adolescentes da capital e do interior, pois está presente, por meio do Pro Paz Integrado nas regiões do Xingu (Núcleo de Altamira), Guajarina (Núcleo de Paragominas), do Lago (Núcleo de Tucuruí), Baixo Amazonas (Núcleo de Santarém), Bragantina (Núcleo de Bragança), Marajó ( Núcleo de Breves) e na capital na Santa Casa, CPC Renato Chaves e Pro Paz Mulher.

Missões Especiais – O investimento na Companhia foi de R$ 2.035.450,00, que contará com um efetivo de 61 militares. Também foram alugadas 141 motocicletas para o policiamento das cidades das regiões, sendo 74 para Marabá; 42 para Redenção e 25 para São Félix do Xingu. Cada motocicleta terá o custo mensal de R$ 1.280,50. Por fim, o montante mensal dos referidos veículos representará R$ 180.550,50.

Após a inauguração, o governador dará as boas-vindas aos 98 alunos que iniciaram o Curso de Formação de Praças, no dia 6 de agosto e devem prosseguir até 31 de março de 2019. Eles serão divididos em dois pelotões. A formação ocorre na sede do 4° BPM. E no final da tarde, ele se reúne com os gestores dos órgãos estaduais no Centro Regional de Governo do Sudeste.

Post de 

1 Comentário

  1. Luis Sergio Anders Cavalcante

    4 de setembro de 2018 - 09:06 - 9:06
    Reply

    Sr. Hiroshi, o decréscimo dos índices de criminalidade em nosso estado, passa por varias outras atitudes governamentais no momento ausentes. Criação de obras estruturantes como quarteis e aumento quantitativo de efetivo da corporação, só terão impacto positivo quando aliados à outras políticas públicas. Em 04.09.18, Marabá-PA.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *