Hiroshi Bogéa On line

Jatene anuncia seu afastamento do governo para ajudar Miranda na campanha eleitoral

Na reta final da campanha eleitoral, o governador do Pará, Simão Jatene (PSDB) admite que se afastará da administração estadual. Ele vai atuar fortemente na campanha do candidato Márcio Miranda (DEM), coligado ao PSDB, que desponta em seu lugar nas pesquisas eleitorais.

No lugar de Jatene no Executivo Estadual, assumirá interinamente, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Ricardo Nunes.

Durante solenidade em comemoração aos 200 anos da Polícia Militar, na manhã desta terça-feira, 25, Jatene, afirmou ao repórter Diego Monteiro: “O meu sentimento é que o Pará não quer ser governado por alguém que tem envolvimento em Lava Jato e coisas desse tipo. É exatamente essa a razão que estarei me licenciando por alguns dias”, afirmou o governador paraense.

Jatene define, que que esta eleição para governador do Pará é mais que uma disputa entre partidos, entre candidatos. Ele diz, que pela própria característica da eleição e de algumas candidaturas, assume a condição de ser um embate cívico.

“É exatamente por essa razão, que estou me licenciando por alguns dias, volto e me licencio de novo”, explica o governador, que afirma que ficará disponível para contribuir para a defesa do Estado do Pará.

Para Simão Jatene a população vai fazer uma escolha muito séria, portanto, é necessário saber o rumo que o Estado do Pará pode tomar. “Se quer voltar ao passado, onde se atrasava salário de servidores, onde o banco do Estado estava na iminência de falir, na verdade tinha escândalos cotidianos, os recursos públicos de difícil comprovação de sua utilização e a maior prova disso são os fatos”, ressalta. (Roma)

 

Post de 

1 Comentário

  1. Carlos Borromeu

    25 de setembro de 2018 - 18:35 - 18:35
    Reply

    Nos do sul.e sudeste.somos abandonados pelos governos estadual.e federal.Veja que faz 07 anos que Jatene derrubou os 08.4% que as duas regiões tinha do orçamento do estado.para 2.8%.E em nem um dos anos durante os 07 anos Jatene investiu 02%.E ninguém cobrou.nada.Temos o vice governador do sul do Pará. Temos prefeitos aliados.e ninguém cobrou uma vez se quer.Por outro lado Helder não ajudou à desenvolver nossa região.e ainda deu vários cheques do ministério de integração.para obras que nao estão nem no papel.Queremos um governo que faça um projeto sócio económico.para gerar empregos.e tirar o povo da miséria em que vive.Kd à taxa de mineração?..É gasto em quê? .Onde é gasto esse dinheiro.?.Precisámos de um banco cooperativo.para fazer o desenvolvimento económico do Pará. Precisamos recompor as APP. Com árvores frutíferas.plantas nativas que gerem rendas.Como Açaí cacau.cupu.castanha do Pará. Madeira de lei.Só assim o povo paraense terá uma vida melhor.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *