Hiroshi Bogéa On line

Ítalo Ipojucan não aceitou assumir secretaria de Estado

 

Durante encontro com Helenilson Pontes, vice-governador, o secretário de Indústria e Comércio de Marabá, Ítalo Ipojucan declinou do convite para assumir a Secretaria Especial de Desenvolvimento e Incentivo à Produção.

O próprio empresário, em nota publicada em rede social, confirma não ter aceitado o convite.

Abaixo, trechos da nota assinada por Ítalo:

 

“Entendo o convite como um gesto do Governo que sinaliza a necessidade de aproximação com a região. De oportunidade de participação através de nossos representantes, da efetiva ação administrativa do estado. Se tanto reclamamos por não participar, porque não capturar a oportunidade! – como não reconhecer a atitude! – enfatizo, independente da ocasião!

No período de registro partidário, fiz uma opção por um partido, o PMDB. O momento atual registra o inicio de um processo político que culminará nas eleições, estando em outra agremiação, os princípios morais e éticos que forjaram minha formação, não permitem que conviva com duas conversas, ou mude de barco ao sinal de uma proposta ocasional mais vantajosa.

Pode ser que tal comportamento seja entendido como comum no ambiente político, ou em outros ambientes talvez. Para mim, inaceitável, não importa qual o custo, inaceitável.

Apesar de ter consciência dos efeitos positivos do cargo, oportunidade impar da região ter alguém que a represente atuando no primeiro escalão de governo, caso aceitasse, minha consciência não daria trégua em apontar uma fraqueza de caráter, de personalidade na minha atitude.

Agradeci ao Governador pelo convite, não sem antes elogiar a sua atitude, pois, vem de encontro a aspirações antigas dessa região. Um gesto que demonstra o reconhecimento de que aqui temos valores, que somos capazes. Por tudo isso é que o desejo emancipacionista permanece em nossas veias, até que um dia se realize.”

Post de 

6 Comentários

  1. Manoel Dias

    27 de janeiro de 2014 - 20:53 - 20:53
    Reply

    À nota do Italo, apenas uma observação: a atitude do governador “não vem de encontro”, mas “ao encontro” das aspirações…

    • apinajé

      29 de janeiro de 2014 - 08:51 - 8:51
      Reply

      Manoel,bom dia!
      destilando um pouco o veneno,rs,prefiro a redação do sr.Ítalo…normalmente as decisões vindas da nossa capital,batem de frente com os interesses da nossa região,portanto,talvez de maneira despercebida o sr.Ítalo tenha sido perfeito em sua colocação rs.
      um abraço

  2. Gilsim Silva

    27 de janeiro de 2014 - 16:43 - 16:43
    Reply

    Caro Antônio Carlos Pereira Santos , confesso ao amigo que após ter enviado o comentário observei que tinha repetido o termo assumiu e com erro ortográfico. Obrigado pela observação o meu respeito e abraço .

  3. Antonio Carlos Pereira Santos

    27 de janeiro de 2014 - 10:40 - 10:40
    Reply

    Sr. Gílson Silva, está de parabéns pela lúcida colocação. Considerando que V. Sa., conforme depoimento próprio, foi Chefe de Gabinete do falecido ex-Prefeito Veloso, e mais recentemente, ocupou cadeira na CMM, não posso, nem devo, aplaudir, alguns erros de ortografia e concordância verbal, cometidos em seu comentário : “assumio” (duas vezes no mesmo texto) ao invés de assumiu(do verbo assumir), e “de um homem que se “propõem” ao invés de, um homem que se propõe(do verbo propor). Foi equívoco(?) ao digitar o texto ou V. Sa. precisa de uma “reciclagem” em termos de redação ? Em 27.01.14, Mba.-PA.

    • Paulinho Velha Marabá

      28 de janeiro de 2014 - 19:12 - 19:12
      Reply

      Caro, Antonio Carlos, lí, mais um comentário do veredor Gilson Silva e o que constatei como nos anteriores foi exatamente o grosseiro erro de ortografia e concordância verbal. Então, o que o nobre edil precisa mesmo é se atualizar e não “reciclar”, pois, o que se recicla é lixo. Abs

  4. Gilsim Silva

    25 de janeiro de 2014 - 11:41 - 11:41
    Reply

    Parabéns Ítalo ! Pela postura de compromisso mais uma vez demostrada com Marabá , com a região e com o nosso Povo. Seu gesto pra min não foi supresa pois como ex-chefe de Gabinte do Prefeito nas gestões do Dr. Veloso e Tião, conheci sua conduta política quando assumio o cargo de Vice Prefeito, no governo do Tião. E assumio o mandato com espirito publico sem vaidade pessoal, chegando ao final dos 4 anos, demostrando um relacionamento harmonioso e de respeito ao titular dando apoio e governabilidade. Cumprindo assim a verdadeira missão de um homen que se propõem a colaborar com a terra que lhe abraçou. Agora é alavancar grandes projetos e atrair investidores pra Marabá, frente a Secretario de Industria e Comercio que vc representa com capacidade . AVANTE , VAMOS RUMO AO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO QUE MARABÁ TANTO ESPERA !!! Abç

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *