Hiroshi Bogéa On line

Homem agride deputado Edmilson Rodrigues gritando “vermelhos têm que morrer”

O fato ocorreu no interior de um supermercado, em Belém.

O deputado federal Edmilson Rodrigues, do PSOL,  foi abordado por dois homens, um deles teria dito em voz alta: “esses vermelhos têm que morrer”.

Os autores da agressão fugiram do local mas já foram identificados com ajuda das câmeras de segurança do estabelecimento.

A assessoria de Edmilson Rodrigues informou que “todas as providências jurídicas já foram tomadas para que ambos sejam punidos com todo o rigor da lei”.

Ainda no local, outras pessoas que presenciaram a cena ajudaram o político, contendo os agressores.

Em sua rede social, ER denunciou a tentativa de agressão.

Edmilson Rodrigues foi o deputado federal mais votado na última eleição.

Ele é mais um vítima do estado de intolerância e o discurso do ódio.

Direta ou indiretamente, a violência já é parte de nosso cotidiano e não distingue gênero, credo ou posição social. Ela nos é imposta sob as mais diversas formas e, quando não somos as vítimas, somos as testemunhas.

Evidenciada nas ruas, nos lares, nas escolas, no ambiente de trabalho e na política ou veiculada pela mídia e pelas redes sociais, a violência – física ou psicológica –, motivada muitas vezes por diferenças ideológicas, sociais, religiosas e étnicas, pode acarretar sequelas imensuráveis.

Uma tragédia com prejuízos que vão além da própria pessoa e atingem a massa, além de afetar o desenvolvimento econômico e social de um país.

O blogueiro solidariza-se com Edmildon Rodrigues, extraordinária figura humana, defensor intransigente da liberdade e dos direitos humanos.

As pessoas que o agrediram, certamente, fazem parte desse coro de selvageria espalhado pelo país desde a ascensão  do desgoverno Bolsonaro, um propagador do Mal.

Abaixo, print da nota divulgada na rede de ER relatando o ato de violência.

Post de 

4 Comentários

  1. Apinajé

    10 de julho de 2019 - 12:45 - 12:45
    Reply

    Boa tarde amigos.
    Existem três verdades,a minha,a tua e a verdadeira,enquanto os dois lados que hoje se engalfinham defendendo suas verdades absolutas,nos distanciamos cada vez mais do ponto de equilíbrio,é lá que mora a verdade verdadeira..

  2. Djalma Guerra Junior

    6 de julho de 2019 - 16:46 - 16:46
    Reply

    Estou triste de ser brasileiro e fazer parte de um país que caminha a passos rápidos para a derrocada total.

  3. Iris

    2 de julho de 2019 - 19:05 - 19:05
    Reply

    Concordo . O ódio tomou conta do país, a intolerância, a agressão gratuita já faz parte do dia a dia das pessoas. Esse grito insano que nossa bandeira jamais será vermelha é de uma idiotice sem tamanho. Nossa bandeira nunca foi vermelha, mas as pessoas eram mais civilizadas , mais amorosas e mais tolerantes com as diferenças.Verdade seja dita, quem começou esse ódio foi o Aécio Neves, quem disseminou foi o Adélio quando deu a facada que elegeu o Bolsonaro. Fazer o que?

    • Donner Pontes Matos

      5 de julho de 2019 - 13:52 - 13:52
      Reply

      Meu Deus onde chegamos, fico muito apreensivo com tudo isso, fico imaginando a população armada como vai ser. Bolsonaro lixo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *