Hiroshi Bogéa On line

Hipocrisia sem tamanho

Edinilton Costa Lacerda Silva, 28 anos, tem uma oficina eletrônica em Redenção, onde faz também cursinho para enfrentar o vestibular da UFPA neste final de ano. E-mail dele conta das idas e vindas de um grupo de evangélicos em campanha na cidade pelo fechamento de três casas de garotas de programa localizadas em pontos estratégicos -, “por verem nas mulheres dos locais representantes do demônio e responsáveis pelas desavenças no seio das famílias de bem”. Mensagem do colaborador deste blog, entre muitas considerações, descreve as três casas como “do mais fino gosto, discretamente freqüentadas por pessoas bem aquinhoadas financeiramente e pelos jovens de classe média do município, já que as garotas que trabalham nos citados estabelecimentos são originárias de Goiânia, Brasília e de outras capitais do país, inclusive Belém”.
Trocando em miúdos, Edinilton pede apoio para que a campanha dos evangélicos seja denunciada. “Os nossos cabarés são de primeira linhagem, com orientação até de uso de preservativos feita pelas donas dos estabelecimentos e exigência natural das belas mulheres a nos contemplar com suas belezas, bons modos e respeito”.

Post de 

7 Comentários

  1. hiroshi

    1 de junho de 2007 - 19:36 - 19:36
    Reply

    Klautau, sacanagem é pouco. Pura maldade. As nenenzinhas estâo deixando barbudos e imberdes felizes como nunca. Parace que vêem o mar pela primeira vez, tal a beleza das coisititas, camarada!

  2. ak

    1 de junho de 2007 - 04:01 - 4:01
    Reply

    ak diz.
    Hiroshi: fechar a casa das meninas é pura sacanagem.
    Afonso Klautau

  3. hiroshi

    1 de junho de 2007 - 02:27 - 2:27
    Reply

    Marky e Walter JR. :
    Tava viajando e nao tive tempo para atender aos comentários, por isso a demora. Perdoem.

    Deixa as meninas trabalhar, sim.Trabalho esse que não faz mal a ninguém. Até a saúde pede.

    Valeu Walter. Já estou com os dois links de seus blogs no index. Está faltando agora eu incluir o do Marky.
    Abs

  4. Walter Jr

    1 de junho de 2007 - 00:11 - 0:11
    Reply

    Hiroshi, O Caneta sem Fronteira aderiu a campanha. Gostei do mote do Marky: deixa as meninas trabalhar…rsrsr

  5. Anonymous

    31 de maio de 2007 - 00:08 - 0:08
    Reply

    Meu amigo eu sabia que você publicaria a denuncia, eu sabia. Agora que fui ver aqui no cyber porque a Internet lá em casa deu problema. Vou avisar para os nossos amigos daqui do seu apoio. Todos vão adorar. Eu achei massa demais o seu jeito de falar do assunto. Muito massa mesmo. Obrigado.
    Deixa lhe perguntar se eu posso imprimir o que está publicado no seu blog pra distribuir aqui em Redenção?
    Um abraço bem agradecido.
    Edinilton Costa Lacerda Silva
    REDENÇÃO- PARÁ

  6. Marky Brito

    30 de maio de 2007 - 23:30 - 23:30
    Reply

    Como diz um velho conhecido nosso lá em Brasília:

    “Deixa as meninas trabalhar”

  7. Anonymous

    30 de maio de 2007 - 23:09 - 23:09
    Reply

    Hiroshi e os crentes ainda não querem que você se manifeste contra as barbaridades por ele cometidas. Tem mais é que malhar mesmo. A evoluçào de tudo na vida nao permite mais esse tipo de comportamento tão conservador.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *