Hiroshi Bogéa On line

Força Nacional chega a Belo Monte para impedir novas paralisações

 

 

 

Informação  vem com assinatura da Agência Brasil:

 

A pedido do Ministério de Minas e Energia, a Força Nacional de Segurança Pública, que já vinha atuando no estado do Pará, vai fazer a segurança das obras de infraestrutura energética em andamento no estado como, por exemplo, a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu.

Segundo a Portaria nº 1.035 do Ministério da Justiça, publicada no Diário Oficial da União desta segunda feira (25), a solicitação de reforço de segurança foi feita pelo próprio ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, no aviso ministerial enviado em 21 de março, dia em que um dos três canteiros de obras de Belo Monte   foi ocupado por índios, colonos e ribeirinhos. Os manifestantes protestavam contra o que classificam como descumprimento das condicionantes que a empresa Norte Energia prometeu atender e também contra a falta de informações sobre os reais impactos do empreendimento. O protesto foi o segundo a interromper as obras, em 2013.

Ainda de acordo com a portaria do Ministério da Justiça, o emprego da Força Nacional no Pará tem o objetivo de “garantir incolumidade das pessoas, do patrimônio e a manutenção da ordem pública nos locais em que se desenvolvem as obras, demarcações, serviços e demais atividades atinentes ao Ministério de Minas e Energia”. A tropa vai atuar por 90 dias, prazo que pode ser prorrogado de acordo com a necessidade.

Procurada, a assessoria do Ministério da Justiça, ao qual está subordinada a Força Nacional, informou que além de zelar pela integridade pessoal de quem vive ou trabalha na área, em caso de protestos, os policiais vão atuar no sentido de evitar a paralisação das obras e o fechamento das vias de acesso ao empreendimento.

Coordenadora da organização não governamental (ONG) Xingu Vivo, Antônia Melo da Silva, disse que os movimentos sociais se escandalizaram com a iniciativa do governo federal. “Estão querendo reprimir qualquer manifestação de luta por nossos direitos. A Força Nacional já estava aqui há algum tempo para, junto com as forças policiais estaduais, reprimir nossas manifestações. Isso é um escândalo. É digno de uma ditadura virar as costas às manifestações populares das comunidades indígenas e ribeirinhas cujos direitos não vêm sendo atendidos e reprimi-las com o uso da força”, disse.

Autor 

2 Comentários

  1. Diogo Margonar

    26 de março de 2013 - 9:14
    Reply

    Já existe uma política nacional de proteção de obras cruciais de infraestrutura, como hidrelétricas, cuja proteção ficaria cargo do exercito. Todavia, ainda não foi implementada. Eu imagino que o fato de os índios terem sido injustiçados no passado não os habilita a cometerem injustiça nos dias de hoje. Acho que o que há por detrás de Belo Monte é a geração de energia elétrica a baixo custo. Mas o que há por traz desses movimentos internacionais bancados em grande parte por fundo internacionais (como a fundação Ford)? Pesquise sobre o CIMI (conselho indigenista Missionário) que atua em “defesa” dos índios e vc verá que o objetivo deles é dar metade do Brasil onde vivem milhões de pessoas para 500.000 índios. Isso é justo? É democrático? basta ver o que está acontecendo em Mato grosso do Sul e o que já aconteceu em Raposa Serra do Sol. Acredito que a Isa de Belo Monte merece ser protegida, até mesmo pq os atrasos na obra serão bancados, ao final , pelo contribuinte. É interessante que os índios de hoje t~em cometido toda sorte de violência e isso ficas em vão, ninguém comenta esses fatos aki no hiroshi, mas vai falar algo relacionado a Belo Monte e “Movimentos Sociais” que aparece uma tonelada de defensores. Ainda bem que Belo Monte é tema de dedicação pessoal da Presidente Dilma.

  2. Cresús Campos

    26 de março de 2013 - 2:34
    Reply

    Por que a Força Nacional não atua ininterruptamente nas áreas sem segurança do nosso país?
    Concordo que as pessoas não podem sair se apossando de terras, o que não é o caso em Belo Monte….mas a vilolência contra os índios me faz recordar os filme norte-americanos do passado, onde a raça indígena foi dizimada.
    Nosso país tem tantos problemas e tão graves em diversas áreas – quiçá em todas-e não vejo nenhuma ação do Governo Federal para resolver nenhum deles..
    Espero que esse indicativo de “democracia” estranha não reiniciei no nosso país, onde tantos morrreram, para que hoje, tivéssemos, ao menos, o direito de lutar pelos nossos direitos.
    Temos tantas obrigações para com os Governos em esferas distintas e eu gostaria muito de ver o meu país sendo um país sério e honesto.
    O que há por detrás de Belo Monte?
    O que há por detrás dos estados do norte do país, com donos de outra nacionalidade?
    O que se esconde poro detrás da ação Força Nacional em Belo Monte?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *