Hiroshi Bogéa On line

Eugênio Alegretti fala a Jovem Empreendedor sobre sua talentosa carreira de Executivo

Eugênio, 45 anos, casado e pai de duas filhas, é graduado em Administração e acumula vasta experiência empresarial, tendo passado também pelo serviço público como secretário municipal de Saúde.

Após ter retornado a Marabá, em 1997, depois de ter estudado em Brasília e em São Paulo, Eugênio tinha como missão assumir os negócios da família, na indústria madeireira, o que acabou não acontecendo devido ao declínio do setor.

Ele, então, partiu para a “carreira solo”, como define, tendo atuado na Unimed Sul do Pará, que ganhou um grande impulso sob a direção de Eugênio; na Secretaria Municipal de Saúde, a convite do prefeito Tião Miranda; e vivenciou várias outras experiências até receber convite do Grupo Revemar, onde está há sete anos, hoje como executivo da Sulpará Caminhões e Máquinas – Massey Ferguson.

“Agradeço ao CONJOVE pelo convite. Foi muito importante me permitir esse momento. É oportunidade de reflexão, de falar das decisões importantes e das pessoas que passaram pela nossa vida. Temos muito a agradecer por poder falar das decisões certas, decisões erradas e até de planejar o futuro”, afirmou Eugênio.

Ele se orgulha de ter “26 anos de carteira assinada”, muitas experiências e diz que o momento é de agradecer a Deus: “A gente vem conseguindo evoluir, ano após ano. Na vida o processo decisório é muito importante, pode se decidir certo, pode se decidir errado, mas se tem chance de acertar na maioria das vezes. Porém, para isso, a gente tem de estar preparado. Durante o Bate-Papo, Eugênio falou sobre esse preparo, acerca dos momentos de decisão, porque ele que chegou onde está e porque as coisas aconteceram dessa maneira.

Segundo o presidente do CONJOVE, Caetano Reis Neto, Eugênio Alegretti faz parte de um grupo de executivos e profissionais mais experientes, que fizeram parte do primeiro Conselho de Jovens, instituído pelo então presidente da ACIM, André Barbosa, de 1996 a 1998, mas que não foi à frente.

“O Eugênio foi presidente da ACIM, na gestão anterior e é um dos grandes apoiadores das nossas atividades, das nossas ações. E, como já teve uma brilhante carreira na vida pública e na vida privada, nada mais justo do que recebê-lo hoje aqui para poder contar esses ‘causos”’, justificou Caetano a escolha do nome de Eugênio.

“Vejo como uma grande oportunidade para os jovens empresários, para nós, que também fazemos parte do círculo de amizades do Eugênio, conhecer um pouco mais da trajetória de sucesso que ele vem trilhando há vários anos, apesar de jovem”, endossou o presidente da ACIM, Raimundo Nonato Júnior.

Para ele, Eugênio Alegretti “é um menino que já trilhou por diversos caminhos tanto na área da política, na área pública, na área executiva, empreendendo também negócios próprios e também muito vinculado ao próprio movimento associativista”.

Júnior lembra que Alegretti é um membro assíduo da ACIM e define o convidado: “É um jovem muito inteligente, atuante e que tem muito a nos ensinar a partir da sua experiência. Quem participar hoje desse bate-papo empreendedor, com certeza vai se satisfazer bebendo na fonte do conhecimento e da experiência do sucesso”.

O Bate-Papo Empreendedor foi aberto por Caetano Reis, que, em seguida, passou a palavra para Raimundo Júnior, que traçou um breve perfil de Eugênio. Também na abertura, a empresária Cristina Lorenzoni, associada da ACIM e que cedeu o espaço da Cia. Paulista de Pizza ao CONJOVE, deu as boas-vindas a todos.

Após a palestra, Eugênio respondeu perguntas dos convidados e aconteceu o já tradicional sorteio de brindes entre os participantes.  (ASCOM/ACIM )

Eugênio abraçado pela família: esposa e suas duas filhas.
Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *