Hiroshi Bogéa On line

Entidades podem realizar manifestação nas esclusas

 

 

Grande manifestação no entorno das eclusas de Tucuruí, essa é uma das propostas de encontro ocorrido em Parauapebas.

Sob coordenação de Italo Ipojucan, presidente da Associação Comercial e Industrial de Marabá, dirigentes de associações comerciais de Ourilândia, Tucumã, Canaã, Parauapebas, Marabá – Tucuruí e Barcarena, além de representantes das Agências de Desenvolvimento de Tucuruí , Canaã dos Carajás e o secretário de Indústria e Comércio de Marabá, João Tatagiba, se reuniram na ACIP, Associação Comercial de Parauapebas.

Considerado inédito pelos seus participantes, encontro objetiva sintonizar os interesses econômicos e de desenvolvimento regionais, “nivelando informações sobre as questões de interesse comum dos associados, além de sadia troca de experiências associativistas”, explica Ítalo Ipojucan.

Na avaliação do presidente da ACIM, o encontro de Parauaoebas deverá consolidar “a relação com os grandes empreendimentos em prol de benefícios às comunidades da região, além de oportunizar a inserção do comércio local nos grandes empreendimentos, liquidez com comércio local em compras de bens e serviços pelos grandes empreendedores, priorização da contratação de mão-de-obra local e também de empresas locais nos grandes projetos, dominou o interesse de todos em virtude de ser uma preocupação comum”.

Lembrando que recentemente esse tema foi motivo de acalorada manifestação empresarial em Marabá, contra alguns movimentos contrários aos interesses locais empreendido pela construtora Odebrecht, responsável pela expansão da obra da estrada de ferro Carajás.

Visando pacificar as relações estremecidas entre o setor produtivo e a Vale, alguns arranjos foram colocados em prática com intuito de acelerar conversações dedicadas a encerrar as desavenças. Conversas envolvem a Associação Comercial de Marabá , VALE (contratante da Odebrecht) e SICOM. Segundo Ítalo, “o diálogo esta estabelecido e o processo será revertido e alinhado com a política de privilegiar e priorizar empresas locais. Os envolvidos estarão acompanhando de perto todas as ações nesse sentido”

Como objetivo maior, a reunião de Parauapebas tratou da formação da Comissão das Associações Comerciais, que tem como um dos coordenadores de sua formação a Secretaria de Industria do Estado do Pará, interessada em consolidar a criação do chamado Pólo Metal Mecânico no eixo que envolve aquelas cidades.

Iniciativa partiu da ACIM em proposição oficializada diretamente ao governador do Estado durante a visita deste a SINOBRÁS.

Produtiva na opinião de todos, a reunião de Parauapebas estabeleceu um calendário de ações a serem desenvolvidas a
partir do encontro.

Italo Ipojucan esclarece sobre “a necessidade de diversificar o cenário econômico do Sul do Pará, atraindo empresas e investidores nas áreas industriais e serviços especializados, com objetivo de impulsionar e estimular o surgimento de investimentos privados em todos os setores da economia local, gerando emprego, grande objetivo de todos”

A importância da conclusão da hidrovia até Marabá com a derrocagem do Tocantins, foi outro assunto que aguçou a atenção dos participantes do debate.

Começa a amadurecer a idéia de uma grande manifestação em Tucuruí, preferencialmente em cima das obras da eclusa, em protesto à inutilidade da obra sem o derrocamento. Tal movimento, na visão de Ítalo, necessita contar com a adesão de toda sociedade civil organizada”.

Essa ideia está sendo amadurecida.

Post de 

1 Comentário

  1. Lívia G

    30 de janeiro de 2012 - 16:17 - 16:17
    Reply

    Temos que apoiar este movimento divulgando nas redes sociais, chamando todos
    a participar desta manifestação que é importantíssima para esta região. Não podemos mais ficar de braços cruzados esperando pela boa vontade do governo federal.
    Vamos fazer nossa região ser respeitada pelo seu grande potencial, e dar um basta nesta exploração no minimo criminosa, já que não recebemos as benesses por toda riqueza que sai todos os dias as toneladas pelos trilhos da vale.Hidrovia já!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *