Hiroshi Bogéa On line

Encontro estadual debate Educação em Canaã dos Carajás

Nesta terça-feira (15), foi realizada a cerimônia da Pedra Fundamental da Escola Adventista, em Canaã dos Carajás. (foto acima)

A obra é fruto do trabalho do vereador Anderson Mendes, através de  Indicação ao Executivo pedindo a doação de uma área para a construção da escola.

Segundo assessoria do vereador, “a  escola vai disponibilizar bolsas de estudo para crianças carentes, e servirá de instrumento para qualificação  do setor educacional do município.”

Vereador Anderson e participantes do Encontro Educacional.

 

A propósito de ações voltadas para a melhoria da Educação de Canaã, também na terça-feira foi realizado o I Encontro Estadual de Educação Profissional e Tecnológica, evento que debateu e introduziu importantes informações a respeito do setor.

O parlamentar Anderson Mendes foi um dos batalhadores para a realização do encontro, através de suporte oferecido pela Associação Comercial, Industrial, Agropastoril de Canaã dos Carajás.

Post de 

2 Comentários

  1. Apinajé

    17 de maio de 2018 - 08:17 - 8:17
    Reply

    A escola adventista é um bem para região,até onde se sabe ainda preserva a meritocracia,respeito,disciplina e valores familiares, em desuso em nossa sociedade,quanto a arrecadação de tributos ou não,cabe a administração pública rever eventuais abusos.
    Já passou da hora do brasileiro voltar a valorizar o que deve ser valorizado,independente de raça,credo ou ideologia,afinal,certo ou errado não é tão subjetivo assim como querem alguns,valores morais estão ligados a ética,caráter,educação,coisas que normalmente se aprende em casa,o resto,como formação acadêmica e intelectual,uma boa escola ajuda e muito…

  2. Brasileiro

    16 de maio de 2018 - 15:18 - 15:18
    Reply

    Escola Adventista é uma ilusão para o município, pois pede doação do terreno e quando o município achar que vai arrecadar o ISS da escola pelas mensalidades pagas, vai se deparar com a imunidade tributária que a escola adventista possui em todo o país, e ainda prejudica as demais escolas particulares que são obrigadas a pagar o imposto, e sofrem uma concorrência desleal.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *