Hiroshi Bogéa On line

Em Marabá, todos os postos de saúde têm estoque de vacina contra sarampo

Vacinas contra o sarampo seguem disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Marabá.

O Departamento Municipal de Vigilância em Saúde intensifica o pedido para que as pessoas, ainda não imunizadas, procurem os postinhos para tomar a vacina. Atualmente há 6 casos confirmados da doença e 89 sobre investigação no município.

“Realizamos vacinação nas escolas, todas as UBS estão abastecidas, há equipes visitando os locais mais afastados. Mas é preciso que a população se conscientize. Que vá atrás e busque se vacinar. É uma doença agravo-imune prevenível, quem não se vacina esta suscetível ao vírus”, comenta a diretora da Vigilância em Saúde do município, Sabrina Acyoli.

 

De acordo com a técnica em Enfermagem, Jocilene Oliveira, responsável pela aplicação das vacinas, por dia, cerca de 50 pessoas se dirigem a UBS Enfermeira Zezinha para se imunizar contra o sarampo.

“Tem tido uma boa procura. Muita gente vem para fazer outras coisas e já questionamos sobre o sarampo, se não tiver vacinado, já realizamos”, conta.

Na UBS Hiroshi Matsuda a procura é ainda maior, cerca de 60 pessoas vacinadas contra sarampo por dia.

Vale lembrar que o reforço vacinal orientado pelo Ministério da Saúde é para crianças de 6 meses a 5 anos e adultos entre 20 e 29 anos. No entanto as vacinas estão sendo realizadas nas UBS em pessoas de 6 meses até 49 anos de idade.

Na UBS Pedro Cavalcante a procura também é alta.

A auxiliar de enfermagem da UBS Pedro Cavalcante, Maria Elisete Cavalcante, conta que a procura de jovens pela vacina surpreende.

“Estamos vendo muitos adultos e adolescentes nos procurando. É algo que ficamos felizes e que tem nos surpreendido positivamente. Me chamou atenção que os jovens estão atentos a essa demanda”, acrescenta.

Post de 

1 Comentário

  1. OBSERVADOR

    10 de janeiro de 2020 - 10:00 - 10:00
    Reply

    Falar em saúde,pq ninguém toma providências p resolver o problema da falta de cadeira de rodas no HMM é uma VERGONHA uma situação tão simplesv e ninguém resolve cadê o CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE,COMISSÃO DE SAÚDE DA CÂMARA,MP enfim façam alguma coisa.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *