Hiroshi Bogéa On line

Em grande show, Ivan Cardoso lança CD Brazônida

 

 

Ivan Cardoso, renomado artista paraense, foi contemplado com o projeto “BRAZÔNIDA”, na Lei Semear e patrocinado pelo Conexão Vivo e Y. Yamada. O Objeto do projeto foi a produção do CD “Brazônida”, que é o quarto da carreira. No repertório, deste trabalho, desfilam composições inéditas, de parceiros importantes como Alfred’ Moraes, Renato Gusmão, Leandro Dias, Ronaldo Silva e Jorge Andrade entre outros, com arranjos de Luis Pardal, Jacinto Kahwage, Baboo e Pedrinho Callado. Direção Musical de Pardal e Kahwage.

A variedade de ritmos e a riqueza poética dos textos, recheados de sotaques Amazônicos, refletem o compromisso do artista em priorizar a cultura local. Todavia, a sensibilidade de Ivan Cardoso transcende as fronteiras do regionalismo e alcança uma dimensão universal quando interpreta, com absoluta naturalidade, toadas, cantigas, salsas, baião, xote, baladas e mantras, enfim, todos os gêneros musicais por onde tem se aventurado. Isto prova a maturidade e o virtuosismo adquirido pelo artista ao longo de 29 anos de carreira atuando profissionalmente.

O CD BRAZÔNIDA retrata, com extrema musicalidade, essa ousadia, de Ivan Cardoso de reunir, em suas obras, elementos rítmicos da ancestralidade amazônica, textos poéticos construídos a partir de temas regionais, mas, com mensagens universais, ousados arranjos e moderna leitura interpretativa.

Este trabalho é mais uma obra do artista comprometido única e exclusivamente com a poesia e a música, que são diferentes enquanto forma de arte, mas, complementares enquanto elemento de composição musical. Ouçam e comprovem.

A obra será apresentada, ao vivo, no espetáculo promocional no dia 22 de dezembro de 2012 as 20:00hs no Teatro Estação Gasômetro – No Parque da Residência – Avenida Magalhães Barata – nº 830 – São Bras. Os músicos que o acompanharão será um atrativo à parte, senão vejamos: Bateria – (Zeca Sagica); Percussão – (Márcio Jardim); Contrabaixo – (Maurício Gringo); Direção Musical e Guitarra – (Davi Amorim); Teclados – (Lenilson Albuquerque). Vale à pena conferir.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *