Hiroshi Bogéa On line

Depois da BR-153, assentados vão pra Transam

 

 

Agricultores de assentamentos localizados às margens da BR-153, entre São Geraldo e São Domingos do Araguaia, continuam acampados no leito da rodovia, protestando contra descasos do Incra em relação a reivindicações antigas.

Cansados de serem engabelados por promessas não cumpridas de atendimento às demandas que afligem familiares rurais, manifestantes deram um prazo para que a superintendência do Incra do Sul do Pará faça valer a lista de reivindicações.

Caso contrário, milhares de assentados se deslocarão do ponto onde se encontram, na região do “Breno”, a 30 km de São Domingos, em direção ao trevo que liga as BR-153 e Transamazônica, obstruindo o tráfego das duas rodovias.

Aí o ziriguidum será bem mais divertido.

Ao invés de uma, teremos duas rodovias federais interditadas!

Tudo por culpa da política lenta, gradual, quase-parando, do Incra, criado para fazer a Reforma Agrária, ao avesso.

 

————————-

Atualização às 12:40

 

Foi só colocar à parede, o Incra reagiu – assumindo compromissos agora há poucos com os assentados da BR-153.

A rodovia foi desobstruído, normalizando o tráfego de veículos.

Agricultores esperam, desta vez,  ser atendida a lista de reivindicações.

Post de 

1 Comentário

  1. Abelardo

    1 de fevereiro de 2012 - 20:36 - 20:36
    Reply

    Porque não fazemos a mesma coisa em relação a Hidrovia? Quem sabe o govêrno federal libera a verba que estava no PAC que a presidenta Dilma retirou.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *