Hiroshi Bogéa On line

Declaração esquisita

Ausente do jornalismo nas ultimas 48 horas, nesta manha de domingo o poster atualizou leitura de jornais deparando-se com a explicação nebulosa da candidata a prefeito de Belém, Valéria Pires Franco (DEM), a respeito de seu repentino crescimento patrimonial, via Imposto de Renda.

Assim, de leve, levemente leve, fica no ar a suspeita de que se a candidata demo adquiriu tudo o que declarou ao IR, em 2008, à época em que ocupava o cargo de vice-governadora.

Vixe-Maria! Valéria corre o risco de sair chamuscada desse troço.

Post de 

1 Comentário

  1. Anonymous

    27 de julho de 2008 - 17:10 - 17:10
    Reply

    Caro Hiroshi,
    Não existe nada nebuloso em nossa vida, tenha certeza disso.
    Sempre fizemos nossa declaração de imposto de renda em conjunto, e nunca deixamos de declarar nada. Centavo por centavo.
    Durante o tempo em que Valéria ocupou o cargo de vice governadora, ela fez as suas declarações de IR separadas das minhas, declarando somente sua renda, já que os bens continuaram sempre declarados nas minhas declarações, com o CPF dela sempre registrado juntamente com o meu.
    Quando a Valéria foi candidata pela primeira vez em 2002, declarou todo o nosso patrimonio para a Justiça Eleitoral e fez a mesma coisa em 2006.
    Ter patrimonio não é pecado. Pecado é roubar dinheiro público e construir fortunas com a corrupção.
    Nossa vida é pública e o Ministério Público ou a Receita Federal podem investigar do jeito que acharem necessário.
    Aliás, a Receita Federal já fez isso durante um ano, ainda no governo Lula, e ao final me enviou um atestado de boa conduta nas nossas declarações.
    Um abraço e sucesso,
    Vic Pires Franco

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *