Hiroshi Bogéa On line

Crise na PMM: folhas salariais atrasadas se acumulam, inviabilizando pagamento em dia do servidor

No mês de  agosto, a Prefeitura de Marabá teve uma arrecadação bruta de cerca de R$ 47 milhões.

Essa tem sido a média de arrecadação, nos últimos meses.

Esse valor acima corresponde a tudo o que o município recebeu: FPM, ICMs, ISS, IPTU, Cefem e valores referentes ao que o governo federal credita para as áreas de Educação e Saúde.

O valor da Cfem (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais), que se conhece também por Royalties, é destinada exclusivamente  para aplicação em investimentos.

Não pode ser usado para o pagamento da folha salarial.

Resultado: a folha salarial, que antes vinha sendo honrada até o dia 10 do mês subsequente, há alguns meses não está tendo recursos suficientes, no mês de vencimento, para sua quitação.

Pior: o atraso do mês junta-se agora à folha do mês subsequente, sem que haja recursos suficientes para derreter a bola de neve.

E, se a crise persistir, a Prefeitura de Marabá fechará o ano sem conseguir quitar o salário de seus servidores.

Dos valores acima mencionados, o blog checou junto ao tesoureiro da PMM, Jorge Acácio, que de recursos próprios, o município consegue   arrecadar pouco mais de R$ 8 milhões – valor bem aquém do que arrecadava, proporcionalmente, doze anos atrás, quando o Distrito Industrial tinha dezenas de guseiras funcionando, efetuando religiosamente o pagamento da taxa de serviços obrigatório ao poder público.

O próximo prefeito de Marabá, definitivamente, não terá boas noites de sono.

Post de 

6 Comentários

  1. EDIEL ALMEIDA SILVA

    12 de setembro de 2016 - 12:26 - 12:26
    Reply

    MARABA NÃO ERA PARA SENTIR TANTO ESSA CRISE,SE E SOMENTE SE, A ADMÇÃO PUBLICA , DE FATO INVESTISSE NA ESTRUTURAÇÃO DA SEGFAZ. A FALTA DE LOGÍSTICA E PLANEJAMENTO TRAVA M A ARRECADAÇÃO.TEM MUITO CABIDE POLITICO, E A TÉCNICA ESTÁ DESCARTADA PARA OS FINS E MEIOS.ELA ARRECADA,PORÉM É NULA NO QUISITO DE PLANEJAR A POLITICA TRIBUTÁRIA ESTANDO SEMPRE DE PIRES NA MÃO. TOMARA QUE O PRÓXIMO GESTOR ENCARE O FISCO COMO POLITICA FUNDAMENTAL À NOSSA CIDADE,ESPECIALMENTE DANDO INCENTIVOS PARA A GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA .

  2. Afism-Carajás

    8 de setembro de 2016 - 21:33 - 21:33
    Reply

    Não existem investimentos na arrecadação. A tendência é a receita cair ainda mais.

  3. Hildeberto

    7 de setembro de 2016 - 09:43 - 9:43
    Reply

    É por estas e outras que não votarei em nenhum desses vereadores que estão no exercício do mandato.

  4. Serv público

    7 de setembro de 2016 - 08:32 - 8:32
    Reply

    Os SANGUESSUGAS (vereadores)aumentaram seus salários e do prefeitd e secretários em 25%,e muita cara de pau,um tapa na cara da sociedade.
    E o pior é que a maioria desses SANGUESSUGAS do dinheiro público vão se reeleger já que estão muito bem estruturados financeiramente,infelizmente nada vai mudar nessa CMM que é a maior culpada pelo CAOS na cidade já que tudo tem que ser aprovado por lá.
    Acorda Marabá vamos renovar essa CMM…!

  5. Heldenir Almeida

    6 de setembro de 2016 - 14:17 - 14:17
    Reply

    Concordo Marcius! Se estamos em época de contenções financeiras (e isso é um fato!), também deve haver esta contenção no que se relaciona aos salários dos SERVIDORES municipais: Prefeito e Vereadores.
    Porque não há economia e atrasos nestes salários também?
    E ainda falam em aumento? Há! Façam-me o favor!!

  6. Marcus

    6 de setembro de 2016 - 12:43 - 12:43
    Reply

    E ai da assim os vereadores querem aumentar o próprio salários e o do prefeito? É muita cara de pau

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *