Hiroshi Bogéa On line

Crianças do Espaço de Acolhimento Provisório são beneficiadas

 

 

Da Assessoria de Imprensa da Sinobras:

 

As quarenta crianças atendidas no Espaço de Acolhimento Provisório de Marabá tiveram uma tarde especial esta semana. O grupo de voluntários SINOBRAS em Ação, formado por colaboradores da Siderúrgica, fez a entrega dos kits de material escolar, doados por meio da Campanha “Natal Feliz em Ação”, que teve como finalidade presentear as crianças com algo contribuísse de modo direcionado para sua educação.

Segundo Ivana Elci Lacerda, Psicóloga da instituição há sete anos, a reação das crianças foi muito positiva, especialmente pelo fato de a educação ser o melhor que se pode oferecer a uma criança. “Trabalhar a importância do estudo com as crianças do Espaço é bem difícil, pois eles chegam aqui muito maltratados pela vida e sem um incentivo, o processo educacional fica mais complicado. Com os kits doados pelos colaboradores da SINOBRAS temos a chance de motivá-los a se empenharem. Acreditamos que esse diferencial será um estímulo para todos”, afirmou.

Wilma Sousa, Coordenadora interina do Espaço, avaliou a ação como algo que proporcionou muita alegria a todas as crianças e à equipe pedagógica. “Vimos que todos terão material escolar de qualidade para o ano de 2013. Olhando os materiais vimos também que cada kit foi escolhido com muito carinho, atenção e zelo. A ideia de presentear desta forma foi ótima, porque aqui não temos condições de dar um kit tão ‘perfeito’ para cada um dos nossos internos. Só temos a agradecer a todos que doaram.”, comentou.

A colaboradora e voluntária Renata Souza de Araújo afirmou que é muito gratificante ser voluntária. “Acredito que fiquei mais emocionada que as crianças, pois ver a alegria nos olhos delas e poder, de algum modo, fazê-las felizes foi muito bom. Tivemos a oportunidade de contribuir e incentivar para com os estudos delas. Isso foi o mais importante.”, ponderou. Uma das coordenadoras da ação e do programa de voluntários, Patricia Macedo Dutra, disse: “Para mim foi compensador ver nos olhinhos daquelas crianças a alegria de receber os materiais.”, encerrou.

Post de 

1 Comentário

  1. Ronaldo Yara

    18 de dezembro de 2012 - 17:45 - 17:45
    Reply

    Amigas Ivana e Wilma, fico muito feliz quando vejo matérias dessa natureza, onde se trabalha a valorização e auto estima desses abrigados.Tive a honra de trabalhar e aprender muito com vocês na construção e melhoria na qualidade de vida desses abrigados. Trabalhar no EAP é um ato de carinho e dedicação ao próximo, principalmente nesse momento de tanto descaso com a coisa pública. Empresa como a SINOBRÁS não contribui com entidade ou instituição que não tenha equipe séria e dedicada como essa que está à frente do EAP. Parabéns e que Deus cubra a equipe e todos os abrigados com suas bênçãos.
    Ronaldo Yara

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *