Hiroshi Bogéa On line

Coronavírus: Anvisa passa a monitorar aeroportos, portos e terminais

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) orienta os operadores de portos, aeroportos, terminais rodoviários e hidroviários no País, bem como passageiros, a adotarem medidas preventivas ao contágio do vírus entre passageiros e tripulações.

O Pará registra 32 terminais de uso privado (portos) para cargas em 11 municípios.

No País, são 250 terminais do tipo.

Diante desses números,  representantes da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP) e técnicos da Anvisa reuniram-se em Brasília (DF), para tratar da atual situação do novo coronavírus no Brasil, abordando riscos e recomendações da Agência para o setor.

Os portos privados funcionam nos municípios de Itaituba, Almeirim, Barcarena, Oriximiná, Belém, Santarém, Juruti, Tailândia, Acará, Ananindeua e Vitória do Xingu.

No encontro promovido pela Comissão Nacional de Autoridades dos Portos (Conaportos), coordenada pela Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura, a coordenadora de Infraestrutura e Meios de Transporte em Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados da Anvisa, Viviane Vilela, apresentou o cenário atual do vírus no País e trouxe recomendações para atuação dos portos brasileiros.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *