Hiroshi Bogéa On line

Conservação de rios e destinação do lixo são temas de educação ambiental em Limoeiro do Ajuru

Estudantes da rede municipal de ensino de Limoeiro do Ajuru, no Baixo Tocantins, elogiam o alcance do Programa de Educação Ambiental da Eletronorte, aplicado em escolas do município tratando  sobre a correta destinação do lixo e sobre a conservação da água.

Estudantes do 4º ao 9º anos e professores puderam assistir a palestras e participar de atividades pedagógicas além de sessão de cinema.

O município de Limoeiro do Ajuru é banhado pelo Rio Tocantins e tem na pesca e na extração do açaí seus principais produtos econômicos.

Falar sobre a conservação de rios e nascentes bem como sobre a correta destinação do lixo e sua reutilização e reciclagem foram apontados pela Prefeitura daquele município como temas de suma importância a serem trabalhados pelos educadores ambientais do PEA da Eletronorte.

Cilane Melo, educadora ambiental, explica que o objetivo das atividades é direcionar o público para perceberem os problemas e que busquem construir propostas para promover a sustentabilidade na escola e em suas comunidades.

“A ideia é orientar os estudantes para que explorem o recurso diariamente de forma mais racional, para que não tenham impactos como: a falta de água para beber ou doenças relacionadas ao acumulo de lixo e sujeira”, explica a educadora.

Valter Damasceno Leão, vice-secretário de Educação, falou sobre a importância das atividades para os alunos e professores no sentido de chamar a atenção da comunidade escolar sobre a importância da preservação e da conservação dos rios e matas.

Sobre o lixo, o vice-secretário lembrou que o município é bem carente quanto à coleta e destinação, mas enfatizou a importância da conscientização para que os moradores passem a reduzir o consumo e, consequentemente, a produção de lixo.

A aluna do 7º ano, Bruna Cardoso da Costa, destaca que o destino do lixo é um problema sério e que precisa ser resolvido pelo município o mais breve possível.

“A gente vem cada vez mais produzindo lixo e assim sujando o meio em que vivemos. Destruindo nossos rios e igarapés. É preciso que a gente tome providencias e não destrua nosso meio ambiente”, alerta a estudante.

O coordenador do PEA, Delciney Nava, lembra que a água é a base do processo de geração de energia, que é produzida na região pela UHE Tucuruí.

Ele chama a atenção para a conservação e utilização racional da água. Na oportunidade, o coordenador falou sobre as ações de mitigação que estão sendo realizadas pela Eletronorte na região de influência da Usina Hidrelétrica de Tucuruí.

Assim, as atividades desenvolvidas pelo Programa de Educação Ambiental da Eletronorte (PEA) têm ensinado de forma simples, clara e lúdica, como as comunidades dos 12 municípios podem contribuir para a preservação, melhoramento e aproveitamento do meio ambiente em que estão inseridos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *