Hiroshi Bogéa On line

Complexidade territorial

Falando à classe política e a uma platéia formada basicamente por estudantes, Carlos Maneschy colocou mais sinceridade quando confessou não ter, hoje, a UFPA condições de atender, com a qualidade exigida pelo ensino superior, demandas brotadas em todos os Campi instalados nas diversas regiões do Estado, tal o tamanho territorial do Pará e seus problemas de origens diametralmente opostas.

Por isso, ele defende a imediata implantação da Universidade Sul do Pará, como já está ocorrendo, em Santarém, com a instalação da UFOPA.

Na visão do reitor, a UFPA passaria a atender somente aos cursos de sua responsabilidade nas outras regiões do estado.

Rápido no gatilho, o vereador Miguelito Gomes (PP) não perdeu o gancho. Saudou a sinceridade de Maneschy, dizendo que se “todos os belenenses tivessem essa visão que você têm, de compreender ser impossível gerir o Estado com o tamanho que ele têm e suas complexidades, chegariam também a entender as razões por que defendemos tanto a criação dos Estados de Carajás e Tapajós”.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *