Hiroshi Bogéa On line

BR-163 está bloqueada por garimpeiros próximo a Itaituba

Garimpeiros que trabalham em unidades ilegais na floresta amazônica bloquearam nesta segunda-feira (9) a BR-163, um importante corredor de escoamento de grãos no Pará.

O protesto está sendo realizado à altura do distrito de Moraes Almeida, no município de Itaituba, em reação a operações executadas pelo governo federal no local.

Os manifestantes, em sua maioria moradores de Moraes Almeida, que está no centro de uma crise ambiental devido aos inúmeros focos de incêndios que atingem as áreas de floresta da região, bloquearam a estrada usada pelos comerciantes de commodities para transportar soja e milho de Mato Grosso até um porto no rio Tapajós, no Pará.

“Em Itaituba/PA…, às 9h, ocorreu uma interdição total, no Distrito de Moraes Almeida, com extensão de congestionamento de 1,2 quilômetros para o sentido decrescente e nove quilômetros no crescente, em virtude de manifestação de trabalhadores locais, com cerca de 250 manifestantes”, disse a Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, que acompanha o bloqueio, o movimento é encabeçado por garimpeiros que protestam contra fiscalização ambiental do governo e demandam a presença do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Eles pedem ao governo que interrompa as operações e a destruição de equipamentos, além de contarem com a legalização de algumas áreas de mineração na região conforme promessa feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *