Hiroshi Bogéa On line

Botijão de gás de cozinha mais caro no Pará

Desde as primeiras horas desta terça-feira, 5, o botijão de gás de cozinha de 13 kg está 8,9% mais caro, nas refinarias.

Segundo a Petrobras, se este aumento for repassado integralmente ao consumidor final, o reajuste no preço final do botijão de gás doméstico deverá ser em média de 4,00% ou cerca de R$ 2,53 por botijão.

Esta é a nona alteração no preço do gás de cozinha autorizado pela estatal neste ano de 2017.

A primeira ocorreu em março, com elevação de 9,80% no preço do botijão de gás na refinaria e a última, foi no dia 05 de novembro, com aumento de 4,5%.

Na capital, Belém,  e grande parte das cidades do interior paraense,  no final da semana passado, antes do novo reajuste anunciado nesta segunda, o preço médio do botijão de gás de 13 Kg era de R$ 62,33, com os preços oscilando entre R$ 55,00 a R$ 75,00.

Em termos de impacto, até a semana passada quem ganhava um salário mínimo no Pará  e gastava em média cerca de R$ 62,33 no consumo mês de um botijão de gás tinha um impacto de 6,65% por mês.

Se este reajuste de 8,9% na refinaria for repassado integralmente ao consumidor final paraense, a tendência é de um impacto maior no orçamento de todos.

Autor 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *