Hiroshi Bogéa On line

Aplausos para as escolhas

Duas escolhas felizes de Simão Jatene, auxiliares de sua governança: Adelina Braglia, para o  Idesp; e Carlos Lamarão – Iterpa.

Além de postura probo e muita competência, em comum os dois tem o idealismo como agente de suas biografias.

Para o blog, Adelina e Lamarão são as agradáveis surpresas do secretariado de Jatene.

Post de 

6 Comentários

  1. Anonymous

    1 de janeiro de 2011 - 21:35 - 21:35
    Reply

    Adelina, Hiroshi só a conhece superficialemente. Por trás de um discurso supostamente democrático, está uma prática que exclui o que pensam diferente dela.

  2. Anonymous

    31 de dezembro de 2010 - 11:12 - 11:12
    Reply

    Ainda sobre o comentário de 20:58. Só quem conviveu com Maria Adelina Braglia a conhece. Acho que é o caso do comentarista das 20:58. Como marabaense que também conviveu com a dama de ferro paulistana, concordo plenamente. Arrisco ainda um palpite: Hiroshy só a conhece de seus textos, que, concordo, não a revelam por inteiro.

  3. Hiroshi Bogéa

    31 de dezembro de 2010 - 01:39 - 1:39
    Reply

    Jorge, não. O Lamarão desafeto do Jader é o Paulo. Esse é o Carlos, gente finíssima. Felicidades pra você também no Ano Novo que desponta, querido.

  4. Na Ilharga

    31 de dezembro de 2010 - 01:23 - 1:23
    Reply

    Hiroshi,
    Lamarão não é desafeto de Jader Barbalho? Se for, não faltarão emoções fortes em algumas reuniões de cúpula, com Asdrubal de um lado e Lamarão de outro.
    Que você tenha um grande 2011, meu caro.

  5. Hiroshi Bogéa

    31 de dezembro de 2010 - 00:28 - 0:28
    Reply

    A opinião é sua, 20:58. Mas eu não concordo com ela. Quem conhece o perfil agregador da Adelina, sabe que isso não procede. Competente e idealista, ela sempre foi. Abs e Feliz Ano Novo.

  6. Anonymous

    30 de dezembro de 2010 - 23:58 - 23:58
    Reply

    Tenho lá minhas dúvidas quanto à competência de Adelina Braglia.
    Quando vice-Prefeita de Marabá, no GOverno de Hamilton Bezerra, Adelina revelou-se de um perfil perseguidor aos seus "inimigos". Ela se dizia adepta da máxima: "Os meus amigos não tem defeitos; os meus inimigos, se não tiverem, eu ponho".
    oriunda do Partidão (PCB), bandeou-se para a direita, embora negue.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *