Hiroshi Bogéa On line

75% do público-alvo paraense já receberam vacina contra gripe

O texto é do repórter Mozart Lira:

 

Até esta terça-feira (28), 75% da população indicada para se vacinar contra a gripe procurou as Unidades Básicas de Saúde no Pará, durante a Campanha de Vacinação contra a Influenza, em vigor desde 10 de abril. Até 31 de maio, a meta é imunizar 2.074.497 milhões de pessoas ou, no mínimo, 90% desse total, que corresponde a 1.838.439 cidadãos.

Para isso, o Pará recebeu do governo federal 2.100 milhões de doses da vacina, recomendada como a principal medida preventiva contra a gripe. O Ministério da Saúde esclareceu também, em nota, que, em relação ao ano passado, houve alteração de duas cepas na vacina. Em função da mudança na composição, a pasta considera essencial que os grupos selecionados recebam a nova dose este ano, ainda que já tenham sido imunizados anteriormente.

Segundo estatísticas do Pará, contidas no site do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, até à tarde desta terça-feira (28), aproximadamente 75% da meta havia sido cumprida, correspondendo a 1.559.751 milhão de pessoas vacinadas.

Entre os grupos prioritários cuja meta não foi alcançada, o das crianças permanece como o menos vacinado, com 64,85%. Na sequência, estão as gestantes (67,77%); indígenas (72,83%); pessoas com combordidades (79,61%); trabalhadores de saúde (82,33%); puérperas (84,66%); idosos (85,54%) e professores (89,47%).

Assim, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) orienta que poderão se vacinar os que pertencem aos grupos prioritários: crianças com idade entre seis meses e menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; mulheres até 45 dias após o parto; trabalhadores da saúde; indígenas; pessoas acima de 60 anos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas de qualquer idade com doenças crônicas, como diabetes e outras condições clínicas especiais; jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade, além de profissionais das forças de segurança e salvamento, incluindo policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.

Em todo o Pará, as vacinas da campanha contra a gripe estão disponíveis em 2.958 postos de vacinação fixos, como as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e as Unidades do Programa Saúde na Família (PSF), com 21.350 pessoas envolvidas, incluindo 5.338 equipes de vacinação.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *