Hiroshi Bogéa On line

Sem asas, Águia cai para a segunda

 

 

Consumou-se o que estava escrito: o Águia disputará a divisão de acesso ao campeonato paraense de 2014.

A derrota  de 3 X 2, no Zinho, para o Paragominas, gerou uma daquelas situações em que nem milagre mantém o time na  Especial, faltando apenas um jogo para encerrar sua participação no campeonato.

Post de 

15 Comentários

  1. Antonio Carlos Pereira Santos

    29 de março de 2013 - 12:33 - 12:33
    Reply

    Ô das 10:38 hs. Aceito e acato sua opinião, porém, devo lhe contrariar. Não faço parte de torcida organizada justamente para não ter “rabo preso” entendeu ? Outra coisa, não é só no futebol não, sempre trabalhei para ter condições de pagar o meu consumo, seja em que atividade for, OK ? Ferreirinha e Galvão são baluartes ? De e por quê ? Explica aí. A maioria da torcida marabaense pensa o contrario. Ora, se a mesmice do time anualmente lhe agrada, paciencia. Agora, querer que a maioria partilhe do mesmo pensamento é contradizer-se. O Águia teve bons resultados fora e dentro de casa quando ganhou o primeiro turno de um campeonato paraense, foi tido como visitante indesejavel no Brasileiro da Série C mas nunca conseguiu a vaga para a Série B e, na Copa do Brasil teve participação sòmente. Isso já se vão quase 10 anos. Se você, enquanto torcedor, se contenta com isso….O Águia é o único time profissional do país que nunca ganhou nenhuma das competições de que participou até agora, que mantem os mesmos dirigentes. Mas, como bem citas no teu comentario, se o objetivo é só ” manter no futebol profissional” está explicado. 29.03.13, Mba.-PA.

  2. anonimo

    29 de março de 2013 - 10:38 - 10:38
    Reply

    Esses caras acima que criticam na verdade em nada ajudam o Aguia pois vivem enrustido em falsa torcida organizada tipo da TOAM para assistirem o jogo gratuitamente e viver criticando Ferreirinha e Galvão.
    Ferreirinha e Galvão são baluartes e herois de conseguirem manter o Aguia no futebol profissional.

  3. Antonio Carlos Pereira Santos

    29 de março de 2013 - 06:49 - 6:49
    Reply

    Sr. Hiroshi, queremos afirmar que não somos contra o Águia, e sim contra quem administra/ gerencia. Lí sobre o sucesso da Unimed Sul do Pará. Até quando perdurará o apoio financeiro que outras empresas, a exemplo da Unimed, dão ao time ? Ao que se sabe e é regra, patrocinador nenhum mantem o vínculo quando o patrocinado deixa de ter sucesso, por mínimo que seja. O Águia seguidos anos, não ganha o paraense, só participa da Copa do Brasil e não consegue o acesso para a Série B do brasileiro. Após o jogo, Galvão dá entrevista dizendo que no segundo semestre vai ser diferente(a cantilena de sempre) pois vai ter o apoio financeiro da PMM e etc…29.03.13, Mba.-PA.

  4. Jorge Antony F. Siqueira

    28 de março de 2013 - 23:02 - 23:02
    Reply

    Caro Hiroshi, fim de jogo Remo 1 x 0 Águia. Águia rebaixado para a primeira fase do paraense. Vergonha. Prá quem tem, né ? 28.03.13, Mba.-PA.

  5. Jorge Antony F. Siqueira

    26 de março de 2013 - 19:16 - 19:16
    Reply

    Caro Hiroshi, em sendo verdade o que afirma o das 14:42 hs., configura, mais uma vez, o descaso dos dirigentes, que citam os torcedores das 09:41 hs, para com o time aguiano. A ideia/meta, ainda segundo os citados, seria a mera permanencia na elite do paraense, não importando os meios usados – e simples participante na Copa do Brasil e Série C do brasileiro. Tambem penso que a oportunidade e o relativo sucesso obtido por Ferreirinha e Galvão à frente do time aguiano, já são idos e deveriam assim, fechar o ciclo de ambos. Deveriam dar oportunidade a outros, com novas ideias e, acima de tudo, acho indispensavel, a instalação do verdadeiro, correto e produtivo profissionalismo em todas as áreas do clube. 26.03.13, Mba.-PA.

  6. anonimo

    26 de março de 2013 - 14:42 - 14:42
    Reply

    O AGUA de Marabá, não vai disputar a 2a divisão do camp. Paraense em 2014, pois o presidente da federação, cel. Nunes (amigão do Bad Boy da rádio Clube), já está com tudo armado, aumentar para dez clubes na série principal do camp. paraense, aí ficam os oito de 2013( e o água , é água mesmo, não cai) e sobem dois da 2a divisão, Ferreirinha e Galvão, os enterram clube, reis da incompetencia, já sabem disso.

  7. Antonio Carlos Pereira Santos

    26 de março de 2013 - 09:41 - 9:41
    Reply

    Sr. Hiroshi, solicitamos a publicação do que se segue : CARTA – PROTESTO contra a Presidencia e Diretoria do Clube Águia de Marabá Futebol Clube : Prezados Senhores Sebastião Ferreira Neto(Ferreirinha) e João Maria Galvão(Galvão). Vimos através desta, externar a nossa insatisfação quanto à atuação e pífios resultados de Vs. Sas. frente ao time aguiano. Estamos saturados – assim como o resto da torcida – de tantos pedidos de “compreensão”, principalmente do Sr. Galvão, frente a resultados negativos(derrotas e/ou empates em casa). Até já se decorou as lamentações postergativas.” Os erros ocorridos neste jogo vamos corrigir prá que não aconteçam no próximo”. O discurso de ambos(Ferreirinha e Galvão) visa nos manter, porém sem sucesso, apegados aos bons resultados do Águia quando ganhou um primeiro turno do paraense, conseguiu vitorias expressivas fora de casa contra times de renome no Brasileiro Série C e na própria Copa do Brasil . Isso faz parte da historia do time. Após o sucesso citado, tem sido prometido a reposição de jogadores com qualidade técnica igual ou superior aos dos que têm passado pelo elenco aguiano, porém, o que se vê – e os resultados comprovam – é um declínio técnico gradual e persistente do time como um todo. O Águia é o único time profissional em atividade no país, que não consegue ganhar por seguidos anos as competições de que participa e mantem os mesmos dirigentes. Achamos que a participação, colaboração de ambos teve seus frutos, inegavelmente. Mas, o time tem desafios de vôos mais altos e, portanto, necessita de profissionais que, evindentemente, Vs. Sas., não os são. Galvão, principalmente, vêm a público falar que o time não tem condições financeiras para contratar Técnico e jogadores de renome no cenario nacional. Isso, implica em admitir as suas(de Ferreirinha/Galvão) limitações nesse quesito. Ora, então que se faça repasse do time para quem tenha cacife financeiro para fazer face às atuais necessidades do time. Caso contrario, estarão se contradizendo e pior – que é o que já está acontecendo – estão “travando” a natural continuidade da ascensão do time aguiano. A não desejada, mas possível queda para a Segunda Divisão do Paraense, para nós, enquanto torcedores, será vergonhosa. Não sei o que pensam Vs. Sas. a respeito. Sabemos que no futebol não existe fórmula mágica para o sucesso de um time, mas, ao se formar um elenco com técnico e jogadores bons e bem pagos, aumenta-se sensívelmente as chances de sucesso. Antonio Carlos Pereira Santos mais 29 torcedores. Em 26.03.13, Marabá-PA.

  8. virgilino camargos

    26 de março de 2013 - 09:02 - 9:02
    Reply

    Carao Hiroshi, eu Acho que quem tem bastante Culpa, e Nos os Torcedores que nao vamos ao estadio prestigiar o nosso Time , sem renda nao pode fazer contrataçois, sera que este jogadores e dirigentes estao sendo Remunerado ao Contento.

  9. Antonio Carlos Pereira Santos

    26 de março de 2013 - 08:32 - 8:32
    Reply

    Sr. Hiroshi, solicitamos a publicação do que se segue : CARTA – PROTESTO contra a Presidencia e Diretoria do Clube ´

  10. Michael Souza

    25 de março de 2013 - 11:43 - 11:43
    Reply

    Só para relembra a memoria dos colegas o entao presidente do cameta , disse na epoca “que era melhor pagar as dividas do que manter um time em uma competiçao que nao temos como manter
    financeiramente”
    O errado foi que ele achou de fazer isso en cima da hora e pareceu bruscamente e com razão uma “compra”.
    O maior exemplo disso foi a participaçao do independente tucurui no campeonato da serie “D” 2011 E ATÉ HOJE AMARGA as dividas da participaçao em uma competiçao deficitaria como esta e nao consegui nem formar time para disputar a fase principal do campeonato paraense.

  11. Michael Souza

    25 de março de 2013 - 11:35 - 11:35
    Reply

    Caro Plinio, o problema do aguia de maraba é ele ser o unico time do brasil que nao ganha nada e o treinador continua no cargo por pura conovencia dele mesmo que tambem é diretor, povo de maraba diz que o time da cidade tem torcicida, entao kde a mesma para fazer essa pressão e pedir a saida deste treinador derrotado.
    Camarada nao é novidade para ninguem que o remo passar por uma crise “infinita ‘ a uns 7 anos, agora voce disser que o clube centenario que tem uma grande tradiçao esportiva no norde do brasil e acustumado a comprar vaga. Amigo voce tem total desconhecimento da historia do futebol paraense.
    Acompanho futebol indo para os estadios desde meus 10 anos de idade hoje tenho 34, acho excelente a interiorizaçao do futebol paraense que durante anos ficou somente centralizado na capital dai a importancia do aguia e de outros times que contribuem sensivelmente para crescimento do futebol paraense e brasileiro.
    Amigo e cada um no seu quadrado o aguia tem que ir pra belem e tentar vencer o jogo pois tem condiçoe de fazer isso , assim como o remo templena condiçoes de vencer tambem, e caso isso aconteça nao deixe sua paixao tapar o sol com a peneira, não tome atitudes que nem o senhor JG de achar que toda vez que o time de maraba perde e culpa da arbitragem e que o aguia e um terno injustiçado, esperamos “quarta feira” e vamos ver o que vai dar.

  12. Func.HMM

    25 de março de 2013 - 11:33 - 11:33
    Reply

    Matamáticamente o Aguia ainda tem chance de se manter na primeira divisão,tem que ganhar do Remo e torcer para o resultado dos outros jogos favoreça o time,segundo informou o Campos filho na Rádio club.

  13. Plinio Pinheiro Neto

    25 de março de 2013 - 08:25 - 8:25
    Reply

    Caro Hiroshi.

    Consumou-se o que jpa vinha se ensaindo nos campeonatos passados em que o Aguia sempre conseguiu escapar da degola na final.Resta cair de pé e vencer o Remo no último jogo para mostrar dignidade e evitar maior vexames, pois estará jogando contra um time desesperado, necessitando da vitória a qualquer custo para classificar-se e que tem a fama e o costume de conseguir com dinheiro o que não consegue no campo de jogo, a exemplo do que ocorreu ano passado, quando vergonhosamente comprou a vaga do Cametá para a série D, sob os complacentes olhos da FPF e CBF, que deveriam tê-lo punido por conduta anti-ética e chamado o seguinte na lista de concorrentes.

  14. anonimo

    25 de março de 2013 - 07:57 - 7:57
    Reply

    Acho bom a diretoria do Aguia mandar benzer o time pois levar gol de tiro de meta ajudado pelo vento e demais.
    A ultima vez que vi isto acontecer foi em um jogo Flamengo x Portuguesa em que o goleiro do Fla (Ubirajara Alcantara) bater um tiro de meta e ajudado pelo vento da ilha do Governador onde se realizava o jogo fazer o gol que deu a vitoria ao Fla.
    O Aguia esta tão azarado que nos jogos em que se esperava uma melhor receita para o time contra Payssandu e Remo aconteceu aquele temporal afastando a torcida.
    Mesmo assim admiro a luta que Ferreirinha e Galvão tem para manter futebol numa cidade que não ajuda em nada sabendo apenas criticar.

  15. Jorge Antony F. Siqueira

    25 de março de 2013 - 05:59 - 5:59
    Reply

    Caro Hiroshi, o pior de tudo é que após o jogo, o treinador Galvão ainda insiste em seus devaneios. Com esse timeco que aí está pretetende ganhar do Remo em Belém. A torcida não é boba não. O público diminuia a cada jogo. Agora, vem com a manjada alegação de que para a Copa do Brasil e Brasileiro Série C vai montar outro time. A falta de dinheiro é latente. Portanto, o lógico e sensato, é passar o clube para quem tenha condições financeiras de montar um elenco à altura da tradição aguiana. O Águia estacionou no tempo há varios anos. Ferreirinha e Galvão precisam entender que estão “travando” o desenvolvimento do clube, e por consequencia, do time de futebol. O Águia tomou dimensão que ambos não tem cacife para continuar à sua frente. Lisos deixem o Águia. Assim como outros, não vou aos jogos desde o ano passado. 25.03.13, Mba.-PA.

Leave a Reply to anonimo

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *