Hiroshi Bogéa On line

Deputados federais debaterão danos ambientais em Barcarena

 

Quem mora em Barcarena sabe que o despejo de soja estragada nos igarapés que circundam o Porto de Vila do Conde é a origem das enfermidades contraídas por ribeirinhos residentes na área, principalmente no Furo do Arrozal.

Também sabe que a empresa Bunge, transportadora da produção de soja do Mato Grosso e do sul do Pará, é a responsável pelo crime ambiental, até agora  escondido por parte das autoridades e empresários, preocupados apenas com o o desempenho da atividade econômica centralizadora de renda.

Mas agora o tema será alvo de investigação por parte  da  Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Federal, que marcou realizará  audiência pública  em Barcarena, amanhã, 16.

Proposta pelo deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL),  membro da comissão. a audiência debaterá o histórico de danos ambientais causados pelas atividades do polo industrial de Barcarena, como os vazamentos de rejeitos em igarapés em prejuízo de comunidades ribeirinhas.

O naufrágio de um navio carregado com quase 5 mil bois vivos, no Porto de Vila do Conde, no último dia seis, acidente que gerou dano ambiental de grandes proporções, levando a Prefeitura Municipal a decretar estado de emergência, também será incluído nos debates com o convite dos agentes públicos e comunitários envolvidos.

O evento será no Salão Paroquial do distrito de Vila do Conde, na praça matriz da Igreja de São João Batista, das 9 às 14 horas.

Post de 

1 Comentário

  1. Ana Regina Araújo

    20 de outubro de 2015 - 13:08 - 13:08
    Reply

    Olá,

    Já há algum registro do resultado da reuniao de sexta-feira, 16.10, com os deputados federais?
    Agradeço antecipadamente qualquer informação.

Leave a Reply to Ana Regina Araújo

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *