Hiroshi Bogéa On line

Cinzas de Caselli chegam a Marabá

 

Vítima de infarto quando se encontrava em Teresina (PI) a trabalho, as cinzas do médico Émerson Miguel Caselli chegam a Marabá nesta quinta-feira, 2, às 9 horas.

Até às 16 horas, amigos e familiares poderão reverenciar a memória do médico em ato ecumênico que ocorrerá na Câmara Municipal, onde Emerson cumpriu mandato por quatro anos, de 1989 a 1992.

Cortejo deixará o prédio às 16h30 em direção ao rio Itacaiúnas, onde as cinzas serão espalhadas.

Durante 32 anos Emerson Caselli dedicou-se à medicina, reservando grande parte de suas atividades atendendo pessoas carentes nos bairros mais distantes de Marabá.

Morreu aos 56 anos.

Post de 

5 Comentários

  1. Getúlio Filho

    21 de janeiro de 2016 - 17:45 - 17:45
    Reply

    Hoje tenho 33 anos e desde criança ouvir meu pai falar deste renomado médico.
    Ninguém conhece o coração do ser humano na hora da morte (espero que esteja com o Senhor Jesus), desfrutando das promessas que o Senhor nos fez para a vida eterna.

    Porque para mim, o viver é Cristo e o morrer é lucro.
    Filipenses 1.21

  2. Francisco Macedo

    5 de fevereiro de 2012 - 20:18 - 20:18
    Reply

    É dificil para mim, poder em algumas palavras que foi Dr.Emerson Caselli, foi mais do que amigo, foi irmão em momentos difíceis de minha vida, morei em sua casa por mais ou menos 02 anos, e tive o grande prazer de compartilhar de sua intimidade e amizade, morei alguns anos fora, mas sempre tendo recordações do amigo.
    Alguns meses atrás voltei a marabá depois de um tempo fora e fui a sua casa, ao atender a porta a princípio não me reconheceu, mas em seguida deu-me um caloroso abraço e disse: Macedo voce é uma pessoa que eu nunca esqueci e na cidade nesta época muitos perguntavam se eramos irmãos, pois vivíamos juntos. Hoje estou de luto,pois perdi um irmão e Marabá perdeu uma pessoa honrada e caridosa. Adeus meu irmão nunca vou me esquecer de voce.

  3. erico v. caselli

    5 de fevereiro de 2012 - 10:33 - 10:33
    Reply

    Eu conhecia meu primo Emerson e tbem pude conhece-lo este medico generoso com todos . Estive em Maraba vi e presenciei o carinho q ele tinha com seus pacientes em um postinho de saude de um bairro .

  4. Plinio Pinheiro Neto

    31 de janeiro de 2012 - 23:23 - 23:23
    Reply

    Caro Hiroshy.

    Lamentável o falecimento do Dr.Emerson Caselli em uma fase da vida em que ainda poderia oferecer muito a Marabá.Simples, competente, amigo, solidário, sempre pronto a servir sem nada pedir em troca, fez politica como a arte de servir aos outros e não a si mesmo, algo muito dificil de encontrar nos dias de hoje entre os que vivem o dia a dia da politica.Em um mundo de constantes disputas, jamais ocupou espaços que não tivesse conquistado com luta e por méritos próprios.Fará imensa falta aos seus familiares, aos muitos amigos, aos desassistidos da sorte que nele encontravam apôio, atenção e cuidados profissionais e, sobretudo, aos que sonham com a melhoria dos quadros politicos marabaenses, onde a honradez do seu caráter, por certo, voltaria a fazer diferença.

  5. ANONIMO

    31 de janeiro de 2012 - 15:21 - 15:21
    Reply

    Estranho que seus colegas médicos de Marabá,não se manifestem,atestando como profissionais,o coração bondoso e o médico atencioso e dedicado que o dr. emerson foi em vida.Que deus guarde sua alma e console seus familiares.

Leave a Reply to Plinio Pinheiro Neto

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *