Hiroshi Bogéa On line

Cadeia nele

O caretão aí ao lado é Roquevam Alves Silva, dito líder dos invasores da hidrelétrica de Tucuruí. Agora, empolgado pelos holofotes nacionais, anuncia a disposição pessoal de derrubar as torres do “linhão” da Eletronorte que numa tradução mais singela significa apagar o Brasil, literalmente. No embalo do inquérito a ser aberto para apurar a bagunça realizada pelos movimentos sociais, a Polícia Federal já deve ter bastante conteúdo para subsidiar o Ministério Público em seu parecer à Justiça. Esse caratonha que gostou de “brincar” nos painéis do centro de operações da usina não pode ficar impune. Cadeia nele sem relaxamento de coisíssima nenhuma.

Detalhe: o poster sugou a foto da edição on line do Diário do Pará de hoje, cuja matéria é assinada pelo Carlos Mendes. Só que não há crédito do autor da imagem.
Post de 

9 Comentários

  1. Anonymous

    30 de maio de 2007 - 11:57 - 11:57
    Reply

    É um absurdo,
    Uma inresposabilidade,
    Uma traição,
    Uma falta de entra na casa desses filho das P…, que não sabe o quanto sofre um pai de familia que tem suas casas tomadas e não tem um pedaço de terra para plantar, enquanto outros estão por ai gordos e bufando pelos cantos de tanto sugar o irmão, se dando bem a custa dos pobres, tenha vergonha em falar que tem colocar esses coitados na cadeia, da só uma olhada nos jornais e vejam como foram saqueados os nosssos patrimonios, por esses gorvernos sem compromisso com o Povo.
    Viva a Revolução…

  2. Anonymous

    27 de maio de 2007 - 18:49 - 18:49
    Reply

    Enquanto nao forem atendidas as reivindicações de quem sofre por causa da POLITICA DESENVOLVIEMNTISTA, tem que haver pressão, ocupação, e enfrentamento.

    CADEIA PARA BANDIDOS: qUe se deleiteam da miseria dos outros!!!

    CADÊ QUE NOTICIAM os hackers filho d epolitico da terra!!!!

  3. Anonymous

    27 de maio de 2007 - 12:56 - 12:56
    Reply

    DAQUI UNS DIAS ESSES MARGINAIS ESTAO DENTRO DE NOSSAS CASAS QUEBRANDO TUDO E NOS COLOCANDO NO MEIO DA RUA.

  4. Anonymous

    27 de maio de 2007 - 04:13 - 4:13
    Reply

    O vandalismo está fazendo escola no Pará.
    Li hoje no jornal que foi revelado plano para destruição da Alcoa, em Juruti.
    http://www.oestadodotapajos.com.br

  5. hiroshi

    26 de maio de 2007 - 21:22 - 21:22
    Reply

    Bom dia, boa tarde, boa noite: meu ponto de vista sobre essa questão é inegociável: qualquer bacurau que atente contra o funcionamento de uma Nação é bandido. BAN-DI-DO. E como tal deve ser tratado. Derrubar torres de transmissão de energia é colocar o país em colapso, e até em risco a vida de pessoas necessitadas de emergências em hospitais. Sempre fui a favor de tensionar governos para forçá-los ao atendimento de reivindicações, principalmente quando o movimento se origina das camadas mais necessitadas. Isso, no entanto, não dá direito a ninguém tripudiar sobre o direito elementar dos outros. Qualquer discurso voltado para defender a anarquia, não passa exatamente disso: dis-cur-so.

  6. Anonymous

    26 de maio de 2007 - 14:51 - 14:51
    Reply

    Bom dia;
    Para comentar este assunto precisamos primeiro de nos desmuniciar de todos os sentimentos tendenciosos e medir as ações e os direitos de cada parte.
    Os invasores incorrem em um crime, que deve ser exemplarmente punido, mas também e, juntamente com eles punidos deverão ser as autoridades que governam este país e que infringem a lei quando os abandonam nos seus direitos. Como condenar o não beneficiado pela lei que motivado pela perda e não reconhecimento do seu direito, age de forma atabalhoada e sem amparo legal, prejudicando uma sociedade que não faz parte da omissão do governo. Isto está tudo errado.
    Acho que para se fazer justiça, os jornalistas e formadores de opiniões devem sempre falar dos direitos não consagrados e reconhecidos pelos responsáveis na aplicação e cumprimento do direito, para que esses mesmos profissionais da imprensa não sejam omissos, só se dando conta e propagando o problema quando a ação de quem sempre foi prejudicado passe a prejudicar.
    Se defendermos e cobrarmos os direitos de cidadãos na nossa região junto às autoridades responsáveis, não teríamos que passa por estes incomodos de serem prejudicados e chantageados como nesta ação e nas inúmeras que fazem os sem-terra da região, cobrando o que o governo nunca lhes dá, que é estabilidade, independência e cidadania. Tudo pela paz. Todos os transgessores punidos…Da sociedade ao governo.
    Abraços

  7. Anonymous

    26 de maio de 2007 - 14:45 - 14:45
    Reply

    Não existe nenhuma dúvida de que esse anonimo 9:44 AM pensa e comunga com os mesmos recursos de pressão do tallíder dos invasores da usina de Tucurui. Ele confunde as liberdades individuais com sacanagens pessoais bastante conhecidas desses pseudo-líderes de alguns movimentos sociais. Na visão deke, derrubar torres de transmissão de energia que alimentam a vida de um país é ätitude correta. Cadeia para ele também Polícia Federal.

  8. Anonymous

    26 de maio de 2007 - 13:22 - 13:22
    Reply

    Esse anonino da 9:44 deve ser um desses complexados com quem tem melhor poder aquisitivo, certamente um assalariado que nunca cresce na vida porque pensa pequeno. Tem que botar mesmo na cadeia quem pratica a iresponsabilidade de querer parar uma hidrelétrica ou derrubar torres de transmissao.Lugar desse tipo de gente é atras da grades. Como deveriam ir todos aqueles que defendem tais marginais – como deve ser o caso desse anonimo complexado.
    Ei jumento,quem trabalha e tem competencia cresce na vida e pode comprar ilhas e barcos. Quem so tem zuzu na cabeca, fica assim igual a tu.

  9. Anonymous

    26 de maio de 2007 - 12:44 - 12:44
    Reply

    Parabenizo a atuação do MBA, pois só quem sabe é quem vive na pele. Até hoje milhares de familias estao abandonadas, orirundas de areas atingida pela Hidreletrica de Tucurui. È falat ade atendimento médico, energia ( ISSO MESMO ENERGIA, estradas e tantos outros prblemas causados pela construção da UHT.
    Enquanto isso, uma meia duzia de outras familias inclusive tradicional, possuem ilhas e ostentam a beleza através de anuncios e outras formas de atrair pessoas para a pesca.
    A atitude do moviemnto tá correta, é necessário as vezes radicalizar, para que no minimo possa se chamar atenção dos problema. E neste caso,do abandono e afalta de respito das autoridades para com moradores e trabalhadres atingidos pela barragem.

    PARABÉNS ROQUEVAM PELA CORAGEM!!!

    CADEIA FICA PRA BANDIDO, INCLUSIVE OS QUE SE APROPRIAM DA RIQUEZA NATURAL E DO POVO..

Leave a Reply to Anonymous

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *