Hiroshi Bogéa On line

A Índia é aqui

Quem não leu, por favor, pesquise a edição on line de domingo do Diário do Pará. O artigo “Riqueza Econômica e Pobreza Social” , com assinatura do Parsifal Pontes, é cirurgicamente correto ao analisar os investimento da Companhia Vale do Rio Doce no Pará. Somente para aquecer, transcrevo a seguir um parágrafo da análise:

A Vale do Rio Doce, em que pese os investimentos feitos no Pará, e não para o Pará, está para o Estado mais ou menos como estava a britânica Companhia das Índias Orientais para a Índia colonial: tão poderosa na colônia que até tinha o seu próprio exercito. Levou luxo e riqueza à Índia, mas somente para os ingleses que lá se instalaram. Os nativos e a plebe de sua majestade curtiam a miséria de estarem à margem do PIB imperial.


Uau!!!

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    30 de maio de 2007 - 02:12 - 2:12
    Reply

    Li o artigo no blog do parsfial. O que precisa é fazer a Vale pagar os impostos de forma correta. A Vale deve uma fortuna de royalty para Parauapebas. Mas eu não sei o que os prefeitos tem feito com o que já receberam.

    Rui Amoras

  2. Anonymous

    30 de maio de 2007 - 01:15 - 1:15
    Reply

    Não encontrei o artigo no Diário do Pará, mas li na pagina do Parsifal, http://www.parsifal.org, o mesmo artigo.
    Ele tem razão, mas acho que o maior culpado do problema é o governo mesmo, pois a Vale já paga imposto.

    Alberto Dimes.

Leave a Reply to Anonymous

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *