Hiroshi Bogéa On line

Ze Mané da Praia

Ninguém duvida de que a reação radical da classe política às ações da Polícia Federal nas operações de combate a corrupção tem intuito de dar um chega pra lá nos meninos arretados. Só que não pegou bem esse negócio de trocar o nome do engenheiro civil de Sergipe, Gilmar de Melo Mendes, pelo do ministro do STF, Gilmar Mendes. É perfeitamente possível distinguir as diferenças. Ademais, ministro do STF é ministro do STF.
Antes de “soltar” o nome da autoridade ao distinto público os agentes deveriam ter checado pequenos detalhes, né mesmo? Desse jeito fica parecendo coisa de investigador de polícia “encostado”, que no interior é chamado graciosamente de “Bate-Pau”de Polícia.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *