Hiroshi Bogéa On line

Violência no trânsito é alvo de campanha no Pará

Quem saiu pelas ruas de Belém na última sexta-feira (23), viu cenas de acidentes impactantes envolvendo automóveis e motocicletas em diversos pontos da cidade.

No cenário que descreve a vida real, os motivos e vítimas envolvidas nos acidentes, tudo contado através de placas.

A ação fez parte do lançamento da campanha “Todos pela Vida. Faça sua Parte”, do Governo do Pará e do Departamento de Trânsito do Estado (Detran).

O ponto central da campanha é chamar a atenção dos principais atores do trânsito: pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores.

A campanha atingiu dez pontos de movimento da grande Belém.

A Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) convocou a imprensa  para uma coletiva onde foram esclarecidos, por meio dos gestores do Detran, SeMob e Sespa do que se tratava a campanha.

A diretora geral do Detran, Andréa Hass, ressaltou que o órgão tem trabalhado para reduzir os acidentes de trânsito ao implementar projetos e ações educativas comprometidas com a prevenção e a transformação da conduta dos cidadãos, por meio da conscientização e dos valores ligados ao exercício de cidadania.

“Partimos do princípio de que o trânsito é, antes de tudo, um espaço coletivo, formado por pessoas. É necessário que os indivíduos, através de suas atitudes particulares, transformem este espaço em uma convivência voltada para o bem comum. É um trabalho de parceria com toda a sociedade, na busca de um trânsito mais seguro e humano”, destacou.

O médico e assessor especial da Sespa, Hélio Franco, pontuou que o custo com internações relacionadas a acidentes de trânsito custa cerca de 200 milhões por ano ao Estado. “Em média 90% dos acidentes com motocicletas envolve pessoas jovens, de até 30 anos e isto é muito preocupante”, detalhou.

A campanha lançada é a quarta campanha institucional promovida este ano pelo governo do Estado e a primeira voltada exclusivamente para o trânsito.

Além da exposição dos veículos acidentados e peças publicitárias explicativas com o mote da campanha, agentes de trânsito e de educação estiveram nos pontos escolhidos dando orientação e distribuindo panfletos e folders.

A campanha segue até o mês de julho, época em que a movimentação nas rodovias e balneários é maior devido as férias escolares.

Autor 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *