Hiroshi Bogéa On line

Unifesspa é mesmo a quarta pior Universidade do país? Não, não é bem assim.

 

Redes sociais e desinformados estão compartilhando o ranking das universidades do país, divulgado anualmente pela Folha de São Paulo.

A nossa Unifesspa (Universidade Federal do Sul/Sudeste do Pará, no quadro de classificação, aparece  na posição 192, revelando o quarto pior “desempenho”.

A notícia deve ser recebida com cuidados, para evitar a desqualificação do nosso núcleo de ensino superior federal nesses tempos cujos quais o governo de Michel Temer procura,  por todos os meios,  desestabilizar  o ensino gratuito a favor de um discurso privatista.

Para que entendam melhor  os critérios para a definição do Ranking Universitário, o blogueiro faz um pequeno, porém fulminante esclarecimento: na definição do desempenho das universidades o índice de maior peso na avaliação é o número de trabalhos publicados.

Ora, ora, todos sabem que a Universidade Federal do Sul/Sudeste do Pará tem menos de cinco anos criada, portanto, quase nada de publicações efetivadas.

Quem aparece em primeiro lugar no ranking é a Universidade Federal do Rio de Janeiro, que foi criada em 1920, resultando uma infinidades de trabalhos e pesquisas publicados, e que pesam na efetivação da avaliação global.

De lá pra cá, se vão quase cem anos.

A pesquisa do Datafolha está sendo questionada em todo o país, com os principais educadores denunciando manipulação de dados já que o grupo Folha é um dos maiores defensores do fechamento do ensino gratuito no país – logicamente pelo interesse que tem de abocanhar parte do mercado educacional ptivatizado

Tomemos cuidados para evitar a desqualificação  da Unifesspa, que já vem sofrendo golpes terríveis de caráter orçamentário, dentro da ciranda de apertos  manipulada pelo governo para inviabilizar  o ensino gratuito.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *