Polícia Civil em Marabá

Pressrealese enviado por Walrimar Santos, Assessor de Comunicação da Polícia Civil, pontua investimentos em Marabá do órgão de segurança:

A Polícia Civil do Pará dobrou o número de policiais civis que atuam em Marabá, região sudeste do Pará, nos últimos dois anos. Em 2007, apenas cinco delegados estavam em atuação no município. Atualmente, Marabá conta com 13 delegados, ao todo. Naquele ano, o município contava com apenas seis escrivães. Hoje, já são 14. Diariamente, de segunda a sexta-feira, onze delegados trabalham para atender as demandas da região. Três (Bruna Paolocci, Renato Tarallo e Victor Manfrini Braga) são lotados na Delegacia da Cidade Nova; outros cinco (Sérgio Máximo, Vinícius das Neves, Victor Diego Ribeiro, Álvaro Ikeda e José Casemiro Beltrão) atendem a Seccional Urbana, e mais três (Adelina Delpilar, Alberone Lobato e Sílvia Mara Tavares) atuam, respectivamente, nas Delegacias da Mulher (DEAM), de Conflitos Agrários (DECA) e Corregedoria.

Aos finais de semana, a Polícia Civil conta com plantonistas nas unidades policiais. O delegado Miguel Cunha, diretor de Polícia do Interior, da Polícia Civil, afirma que, em 2007, com a realização de concurso público, a maioria dos novos policiais civis nomeada foi lotada, especialmente, em Marabá e no sudeste do Pará. Atualmente, na Seccional Urbana de Nova Marabá, nove escrivães, dos quais quatro plantonistas e cinco no expediente, estão lotados na unidade policial. “Todos estão aptos a registrar boletins de ocorrências”, explica. As unidades da Polícia Civil, em Marabá, estão todas equipadas com equipamentos de informática. Apenas a Seccional Urbana de Nova Marabá possui 11 computadores e um notebook.

Já a Delegacia da Cidade Nova conta com seis computadores. Na DEAM há três e na DECA outros três. A rede de Internet está interligada, em Marabá, ao sistema Navegapará, o que garante acesso em alta velocidade à rede mundial de computadores. Quanto a viaturas, a Polícia Civil afirma que a cidade de Marabá conta com 18 veículos. Quatro deles, tipo caminhonete L200, estão na Seccional Urbana de Nova Marabá (três) e outra na Corregedoria. A Polícia Civil, no município, conta ainda com outros três veículos descaracterizados e um furgão, além de cinco motos. Em 2007, no início do atual Governo, Marabá só contava com duas viaturas em condições precárias de funcionamento.

Em termos de infraestrutura, o Governo do Estado investiu 500 mil reais na construção da Seccional Urbana da Cidade Nova, em Marabá, inaugurada no final do ano passado. Todos os municípios da região sudeste, onde as Delegacias não possuíam viaturas, receberam veículos zero quilômetro. Entre eles, Itupiranga, São Geraldo do Araguaia, Jacundá, Bom Jesus do Tocantins e Eldorado dos Carajás.
 
O delegado Miguel Cunha lembra que a Polícia Civil está realizando concurso público para mais 350 vagas. Assim que os novos policiais civis forem nomeados, a maioria será lotada na região sudeste e, em especial, em Marabá, para aumentar o efetivo. Ressalte-se que, no início de abril, houve um treinamento em Belém de policiais civis de Marabá. O município recebeu armamento moderno.