Para o Remo, sinal de luz aparece na escuridão

 

 

Gerson Nogueira, diretor de Redação do Diário do Pará, acaba de publicar em seu facebook:

 

O esperado encontro entre as diretorias do Remo e da CBF em São Paulo terminou sem uma definição prática, mas abriu esperanças para o clube. O presidente da entidade ouviu as argumentações do presidente Zeca Pirão em defesa da participação do Remo na Série D do Campeonato Brasileiro. Marin disse que vai buscar uma forma de ajudar o clube. Em troca, Pirão se comprometeu a convencer os advogados a retirarem a ação contra a CBF a fim de mostrar a disposição de conciliar. Com isso, o clube deve evitar a punição e pode vir a ser contemplado com uma vaga na competição nacional. Em entrevista à Rádio Clube, Pirão solicitou publicamente a retirada das ações feitas por torcedores. A reunião entre Pirão e Marin aconteceu depois de um almoço de homenagem ao técnico da Seleção, Luís Felipe Scolari, na sede da Federação Paulista de Futebol. 

Pirão mostrou-se satisfeito com os resultados da conversa. Disse que os processos contra o Remo no STJD devem ser reavaliados e que o clube vai apresentar defesa para escapar da punição. Ao mesmo tempo, recebeu a garantia, por parte de Marin, de que o pleito por uma vaga na Série D será analisado pela entidade. “A brecha é o regulamento do Campeonato Paraense, que tirou o Remo mesmo tendo maior número de pontos, uma injustiça que seria reparada. Acredito que na quarta-feira teremos uma posição. O importante é que senti vontade da CBF em consertar o erro e ajudar o Remo”, disse Pirão.