Hiroshi Bogéa On line

Os efeitos da Lava Jato na política do Pará

 

Na semana que passou, dois dos mais conceituados institutos de pesquisa do Pará recolheram intenções do eleitorado paraense.

Pesquisas auferiram o sentimento popular quanto as eleições presidenciais, estadual e o desempenho ético e moral daqueles que são anunciados como prováveis candidatos a algum cargo público.

Como as duas pesquisas foram encomendadas por grupos empresariais, sem interesse de publicação, os dois institutos negaram-se a fornecer detalhes da pesquisa.

Em redes sociais, no entanto, alguns tópicos pesquisados foram divulgados por quem teve acesso às pesquisas.

90% dos paraenses rejeitam Michel Temer.

78% dos eleitores não votariam em candidatos apoiados por Temer.

E têm duas perguntas que o blogueiro as considera altamente relevantes.

Uma delas quando pergunta se o eleitor “votaria em candidato que teve seu nome citado na Lava Jato”.

70% dos paraenses dizem que não votariam.

Outra, citando o nome do ministro Helder Barbalho, pergunta ao eleitor do Estado  se ele acredita no envolvimento dele  na operação  Lava Jato.

Resposta: 69% dos eleitores dizem que acreditam.

Autor 

5 Comentários

  1. EDIVALDO VIANA

    12 de agosto de 2017 - 18:34
    Reply

    EDIMILSON RODRIGUES 2018. SEM DUVIDAS VOTO E FAÇO CAMPANHA. JÁ CHEGA DE BANDIDOS GOVERNANDO NOSSO ESTADO .

  2. carlos

    8 de agosto de 2017 - 23:21
    Reply

    fora o edimilson sobra quem pra governar o pará ?

  3. Djalma Guerra

    7 de agosto de 2017 - 23:40
    Reply

    Espero que também os Marabaenses não vote no deputado Beto Salame que votou a favor da PEC 241, se absteve na reforma trabalhista e usando o subterfúgio de fidelidade partidária votou contra a aprovação das investigações por crime do bandido do Michel Temer.
    Usar o subterfúgio de fidelidade partidária não foi honesto com quem votou nele, pois ele não foi eleito no PP que não passa de uma quadrilha.

  4. Luiz

    7 de agosto de 2017 - 20:41
    Reply

    Edmildo Rodrigues 2018 governador

  5. francisco

    7 de agosto de 2017 - 13:39
    Reply

    Eu vou de Márcio Miranda… Não vou entregar meu estado na mão dos barbalhos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *