Hiroshi Bogéa On line

Ônibus do BRT de Belém encalhados na fábrica

 

 

Mensagem do empresário Reinaldo Zucatelli, diretor-presidente do Grupo Zucatelli, na caixa eletrônica do poster, com anexo de fotos:

 

 

Caro Hiroshi:

Veja estes carros:  são os BRT de Belém , que o ex prefeito licitou, emitiu empenho, e, depois de prontos os carros , a compra foi cancelada. .

Hoje,  tem mais de 10 milhões de ônibus biarticulado e articulado, em valores negociados na fábrica da Neobus,  em Caxias do Sul -RS, parado há mais de 6 meses,  e a população de Belém,  e o transito,  um caos .
Na foto enviado pelo empresário, logomarca da Prefeitura de Belém.
Na foto enviado pelo empresário, logomarca da Prefeitura de Belém.
Post de 

3 Comentários

  1. Durant Dart

    11 de novembro de 2013 - 13:58 - 13:58
    Reply

    Com problemas ou sem problemas o que importa é que a obra está ai como algo de concreto; o que vejo na postura do senhor Dulciomar é coragem e determinação de quem quer fazer algo, ainda que seja na marra!

  2. Carlos Henrique Siqueira da Silva

    14 de junho de 2013 - 15:34 - 15:34
    Reply

    Finalmente a prefeitura assinou a ordem de serviço e imediatamente as maquinas e operários reiniciaram as obras do BRT de Belém, ontem quinta feira. O projeto foi todo refeito e ampliado e está totalmente integrado com o ação metropole do Estado, com recursos do município, Estado, governo Federal e do Japão, com todas as pendências judiciais resolvidas. Tanto o BRT Belém quanto o BRT do Estado usarão mesmos ônibua e ligarão toda a região metropolitana

  3. Alan Souza

    6 de maio de 2013 - 14:20 - 14:20
    Reply

    Hiroshi, esse caso da obra do BRT é um dos maiores escândalos, um dos maiores absurdos de todos os tempos! Começaram uma obra sem projeto e sem a menor viabilidade, sem parcerias nem integração com os governos Federal/Estadual, tudo foi na base do “vamos de qualquer jeito!”.

    Enterrou-se na obra uma fortuna, sem que se saiba quando será concluído – se é que vão terminar! Só serviu mesmo pra complicar mais ainda o trânsito na Almirante Barroso – que já era caótico.

    Isso foi um absurdo, um verdadeiro arreganho de autoritarismo e voluntarismo do ex-prefeito Duciomar Costa. O mínimo que esse cidadão merece é uma ação de improbidade, pra não se eleger nunca mais!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *