Hiroshi Bogéa On line

“O empoderamento da mulher indígena” marcará debates na Semana dos Povos

Entre os dias 15 e 19 de abril, em São Felix do Xingu, sudeste paraense, cerca de 5,5 mil índios de dez etnias são esperados para a 6ª Semana dos Povos Indígenas.

Com o tema “O empoderamento da mulher indígena”, o evento, considerado o maior do gênero no Estado, vai levar para o seio das comunidades tradicionais uma discussão que é pauta obrigatória na sociedade atual.

Os principais militantes dos direitos indigenistas no Brasil estarão no encontro para promover debates e lutar por avanços, enquanto o esporte praticado nas aldeias e a cultura ancestral serão descortinados na praça principal da cidade.

“Como ocorreu nos anos anteriores, esperamos que a Semana dos Povos Indígenas deste ano seja um verdadeiro momento de congraçamento e integração entre as etnias que vêm para o encontro e a população não-índia que vem assistir às competições, participar dos debates ou prestigiar o artesanato e produtos tão apreciados mundo afora. A cada edição, mais índios manifestam o desejo de participar, mostrando que o evento está consolidado e ganhando cada vez mais representatividade”, diz a secretária municipal de Educação de São Félix do Xingu e organizadora da semana, Viviane Cunha.

A chegada dos índios à cidade está marcada para as 17h do dia 15, momento tão aguardado quanto os rituais e danças tradicionais que levam magia à Praça do Triângulo, no centro.

Okitidi Sompré,  indígena Xerente nascida em Tocantínia (TO), universitária do curso de Medicina da UFPA: exemplo de empoderamento.

 

Cerca de 70 embarcações se encontram na confluência dos rios Xingu e Fresco, em frente a São Félix, trazendo homens, mulheres e crianças preparados para a semana festiva.

Logo em seguida, a organização do encontro faz uma reunião com os líderes de cada etnia – caciques, chefes guerreiros ou chefes de esporte – para fazer o sorteio dos jogos.

Na ocasião, eles também recebem todo o material esportivo das competições.

Jogos

Às 19h da segunda-feira (16), a Semana dos Povos Indígenas é oficialmente aberta, com apresentações culturais, exposição de artesanato e a aplicação da tradicional pintura corporal.

Na ocasião, o músico Mokuka Kayapó vai entoar o Hino Brasileiro na sua língua materna.

As competições começam às 7h do dia seguinte e ocorrem nas seguintes modalidades: futsal, arco e flecha, cabo de guerra, atletismo, vôlei e futebol de campo – estas duas últimas apenas no masculino.

Após os jogos, à noite, tendas vão expor e comercializar o trabalho de cada etnia.

Serviço:

6ª Semana dos Povos Indígenas – 15 a 19 de abril, no município de São Félix do Xingu. Mais informações no site. 


Atualização às 18:55

Em verdade, Okitidi nasceu no município de Marabá, na aldeia Kyikateje

Post de 

1 Comentário

  1. Ana Poty Medeiros

    11 de abril de 2018 - 23:07 - 23:07
    Reply

    Verdade. A familia Simpre e de Maraba Okitudi e mais um exemplo de empoderamento dos povos indigenas. Parabens!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *