MP quer acabar com nepotismo em São Félix do Xingu

Os promotores de Justiça de São Félix do Xingu expediram recomendação à prefeita da cidade, Minervina Maria de Barros Silva, para que sejam exonerados parentes da chefe do executivo e de secretários municipais, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (13).

A presença deles na gestão municipal configura a prática de nepotismo.

Caso não seja acatada a recomendação, serão tomadas as medidas judiciais cabíveis ao caso, com o ajuizamento de ação civil pública por improbidade administrativa.

A recomendação foi expedida após o Ministério Público do Estado receber informações trazidas por um popular, que apontavam a possível ocorrência de apadrinhamento de familiares da atual prefeita e secretários.

Como o promotor de Justiça anterior já havia solicitado a relação de servidores, os atuais promotores de Justiça de São Félix do Xingu examinaram os documentos e constataram a presença de parentes ocupando cargos de provimento em comissão na estrutura do Município, tanto da prefeita (filho e sobrinhos) como dos secretários municipais (filhos, sobrinhos, tios, genitores, cônjuges e outros).