Hiroshi Bogéa On line

Ministro da Saúde lança em Belém campanha contra Hanseníase

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, lança nesta quarta-feira, 31, em Belém, a Campanha do Dia Mundial de Luta Contra a Hanseníase, a partir das 9 horas, o auditório do Instituto de Gestão Previdenciária do Pará (IGEPREV), em Belém.

Evento é organizado pelo Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa) e a Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma).

Os marabaenses Beto Salame, deputado federal (PP) e seu irmão João Salame, diretor do Departamento de Atenção Básica (DAB), fazem parte da comitiva ministerial.

Beto Salame, aliás,  lembra da importância da campanha.

“Temos que abraçar esta causa. É  importante que aja o envolvimento e a mobilização da sociedade civil nas orientações, para cada um estar atento ao notar os sinais e sintomas da hanseníase. A pessoa que apresentar os sintomas da doença deve procurar pelos serviços de saúde imediatamente”, alerta o deputado, reforçando que “a campanha chega como forma de prevenção e de divulgar a oferta de tratamento, que é ofertado no SUS.

“Muitas pessoas afetadas pela doença, não procuram o SUS pela falta de informações sobre o serviço, que é gratuito através das Unidades Básicas de Saúde”, disse o parlamentar.

A hanseníase é uma doença infecciosa de evolução crônica, transmissível, de notificação compulsória e investigação obrigatória em todo território nacional.

Possui como agente etiológico o Mycobacterium leprae, capaz de infectar grande número de indivíduos (alta infectividade), apesar da baixa patogenicidade (poucos adoecem).

Atinge pele e nervos periféricos, podendo cursar com surtos reacionais intercorrentes, o que lhe confere alto poder de causar incapacidades e deformidades físicas, principais responsáveis pelo estigma e discriminação às pessoas acometidas pela hanseníase.

De acordo com levantamento dos órgãos de Saúde, o Pará tem uma taxa de cura de hanseníase de 76,9%. O valor deve ser atribuído ao trabalho desenvolvido pela Atenção Básica no Estado e da Coordenação Estadual de Controle da Hanseníase.

Ministro da Saúde, Ricardo Barros,  deputado federal Beto Salame e o diretor do Departamento de Atenção Básica, João Salame Neto, estarão na abertura da Luta contra a Hanseníase, em Belém. 

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *