Hiroshi Bogéa On line

Ministro da Saúde diz ter recursos para UPA de Marabá

Quem informa é a assessoria de imprensa do deputado federal Beto Salame:

 

Na audiência articulada pelo deputado federal  Beto Salame,  seis vereadores de Marabá ouviram do ministro da Saúde a garantia financeira para colocar a UPA em funcionamento. Os vereadores representando o legislativo marabaense e o deputado  preocupados  pela decisão do prefeito municipal sobre o futuro da  Unidade de Pronto Atendimento procuraram o Ministério da Saúde.   A administração anterior do prefeito João Salame Neto, em dezembro, inaugurou o prédio deixando pronto para receber os equipamentos necessários e implantação da UPA. Já o prefeito atual Tião Miranda anunciou que a prefeitura não teria condições dinheiro para manter a Unidade de Saúde em funcionamento.

A reunião de esclarecimento com o ministro Ricardo Barros aconteceu na manhã desta quarta-feira em Brasília. O Ministro Ricardo Barros auxiliado por assessores diretos,  apresentou o tabela com demonstrativo financeiro que garante o recurso seja qual for o modelo da Unidade.  Acrescentando que cabe a prefeitura escolher a modalidade do Pronto Atendimento que o Ministério da Saúde envia o recurso.

Ricardo Barros exemplificou  que para funcionar com 9 médicos o ministério garante 500 mil reais mais o benefício pelo programa fator amazônico que dá direito ao município, por estar localizado na Amazônia, acréscimo de 30 por cento do valor totalizando 650 mil reais por mês. Isto com nove médicos de plantão  “mas ele pode iniciar com médicos que vai gastar 300 mil por mês”, lembrou o ministro acrescentando “em todas as opções de UPA receberá  os 30 por cento a mais do valor” com o  ministério custeando mais de 110 mil reais incluindo os 30 por cento pelo fator amazônico.

A vereadora  Cristina Mutran  disse que “Marabá como polo atende os 22 municípios do plano de Saúde Carajás drenando todos os problemas dos municípios vizinhos”. O ministro sugeriu a criação de um consórcio entre os municípios que utilizam e ratear os custos.

A vereadora  Irismar  pediu orientação ao ministro em qual garantia e segurança poderia transmitir a população marabaense que a Prefeitura de Marabá terá de custeio para funcionamento da UPA.

Ricardo Barros  respondeu dizendo “que o recurso de 650 mil reais para equipar a Unidade está assegurado assim que for oficializada a conclusão da obra. “colocou a UPA para funcionar no padrão que ele (prefeito) escolher em 30 dias recebe metade do custeio e em 60 dias recebe o valor integral”  afirmou o ministro. Lembrando que no ministério não tem o certificado de conclusão da obra e com o documento não existindo a obra é considerada inacabada. Sendo assim o ministério da saúde não pode fazer nada ou seja não pode liberar qualquer recurso.

Para o deputado Beto Salame o importante é que os recursos estão assegurados  agradecendo o ministro Ricardo Barros por ter recebido os vereadores de Marabá e reafirmando o compromisso que havia garantido a ele deputado na audiência há 10 dias sobre os recursos disponíveis para colocar a UPA em funcionamento.

A Câmara Municipal foi representada pelos vereadores Marcelo Alves, Dra. Cristina Mutran, Gilson Dias, pastor Ronisteu, Ilker Morais e Irismar Sampaio. Todos também agradeceram o ministro Ricardo Barros e ao deputado Beto Salame,  dizendo que saíram da reunião esclarecidos e que a partir do momento, estão com argumentos para negociar com o prefeito Tião Miranda e também irão tentar cobrar a participação do governo do Estado do Pará tentando agendar audiência com o secretário de saúde estadual na próxima semana.

Recursos para Itupiranga

O deputado Beto Salame (PP)  conseguiu a liberação de 250 mil reais, junto ao Ministério da Agricultura, para o município de Itupiranga, que  será utilizado para a compra de dois tratores agrícolas beneficiando o produtor rural da região no trabalho de aragem da terra para plantio. O recurso depositado na conta da prefeitura é resultado de convênio solicitado por emenda do deputado.

Beto Salame declarou que a liberação do recurso chega como  “presentes antecipado pelos 69 anos de emancipação de Itupiranga que serão festejados no próximo dia 14 de julho” (Assessoria Parlamentar de Beto Salame)

Autor 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *