Hiroshi Bogéa On line

Márcio Miranda: -” Como governador, serei o primeiro a liderar o povo para ocupar os trilhos da Vale, caso a companhia se negue a compensar justamente os paraenses com obras de envergadura”.

Durante sua passagem por Marabá, semana passada,  quando esteve em campanha ao governo do Estado, Márcio Miranda concedeu entrevista ao blog, antes de seguir viagem rumo a Pa-150.

Falou sobre o que pretende fazer na área de Segurança pública, para reduzir a violência.

Como tornar os Centros Regionais de Governo, instalados pelo governador Jatene em  Marabá e Santarém, verdadeiramente instrumento de descentralização administrativa?

Nem a Cosanpa escapou das provocações.

Na sua gestão, Marcio disse já ter planos para fazer a companhia prestar serviços de qualidade ao povo paraense.

A carência de escolas de Ensino Médio serviu também de pauta.

Muitos outros temas foram abordados.

A entrevista com Márcio Miranda é a primeira de uma série que o blog pretende fazer com os demais candidatos.

A propósito, assessorias  de Helder Barbalho, Paulo Rocha e demais candidatos podem acionar o blog marcando entrevistas.

A seguir, a íntegra da conversa do blogueiro com Márcio Miranda.

Post de 

2 Comentários

  1. Luis Sergio Anders Cavalcante

    11 de setembro de 2018 - 19:56 - 19:56
    Reply

    É isso mesmo Apinajé. Os paraquedistas de ocasião começam a dar as caras tentando enganar. Em 11.09.18, Mba.-PA.

  2. Apinajé

    6 de setembro de 2018 - 18:22 - 18:22
    Reply

    Estão brincando com fogo,essa é minha retórica aqui no blog…Instituições frágeis,falta de respeito generalizado,todo mundo acha que seus direitos estão acima dos deveres,penso que o Sr.Marcio Miranda ao invés de utilizar de frases de efeitos,deveria demonstrar um plano de coerente de governo,,,utilizar de falácia ameaças de invadir trilhos em nome de recompensas ao estado não me parece factível…de nada adianta descentralizar o governo se o que arrecada em impostos não retornar em proporções equivalentes para a região de origem.Precisamos acabar com esse clima de terra arrasada em que se encontra o Pará e o país.Estão brincando com fogo…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *