Hiroshi Bogéa On line

Joaquim Passarinho deverá receber votação expressiva no Sul/Sudeste do Pará

Caladinho, o deputado federal Joaquim Passarinho passou todo o mandato estendendo seu nome para outros municípios do Estado através de emendas parlamentares distribuídas a lugares onde teve pouca votação, na eleição de 2014.

Marabá é um exemplo.

No município, Passarinho conta com o apoio de lideranças proeminentes, inclusive do prefeito Tião Miranda e de seu irmão, vereador Beto Miranda.

Em vídeo gravado no início dessa semana (acima), Tião Miranda pede votos para Joaquim, em retribuição ao trabalho do deputado a favor da administração municipal.

No vídeo, Tião diz que Joaquim Passarinho “é nosso parceiro em Brasília, trouxe diversos recursos pra saúde e pro município de Marabá”.

Beto Miranda, candidato a deputado estadual, também já revelou, em diversas ocasiões, o trabalho de Passarinho  desenvolvido, ao longo dos últimos quatro anos, a favor de Marabá.

“Joaquim nunca renunciou a qualquer tipo de reivindicação que fizemos a ele, inclusive intercedendo junto ao presidente da Vale, a nosso pedido, para que a companhia destinasse recursos para iluminar a ponte rodoferroviária, antiga aspiração da comunidade – e realizasse obras de urbanização do entorno daquela ponte que atravessa o rio Tocantins”, diz o vereador em post publicado em sua página oficial de candidato a deputado.

Dessa forma, Passarinho deverá ter votação acima da média em Marabá, colhendo os frutos do trabalho  direcionado ao município.

E não é só em Marabá que o parlamentar federal tem a seu favor lideranças políticas trabalhando pela sua reeleição.

Em diversos outros municípios da região há um contingente de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias defendendo a candidatura do sobrinho do ex-ministro e ex-governador do Pará, Jarbas Passarinho.

Post de 

1 Comentário

  1. Paulo Câmara

    5 de outubro de 2018 - 23:49 - 23:49
    Reply

    É uma vergonha. Um cara que foi um dos que mais combateu a criação do Estado do Carajás ter gente na região apoiando ele. Nojo

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *