Hiroshi Bogéa On line

João Chamon usa habilidade para contornar insatisfações

A crescente onda de reclamações de partidários do governador Helder Barbalho, em Marabá, diante da indefinição de nomeações para cargos em órgãos estaduais chegou ao gabinete do Secretário Regional de Governo do Sul/Sudeste, João Chamon Neto.

Usando de sua habilidade política e fácil trânsito entre  os diversos segmentos  partidários, Chamon tem procurado mostrar aos insatisfeitos que o novo governo completou apenas um mês de mandato, tempo pequeno para sanar todas as demandas originárias de apoios na campanha eleitoral.

As reclamações são de pessoas que teriam trabalhado pela eleição de Barbalho,mas que até agora não foram nomeadas às representações do Estado, no Município.

O trabalho que João Chamon realizava de visitação aos órgãos de governo, visando conhecer sua funcionalidade, ficou temporariamente suspenso, já que o secretário Regional abriu a porta de seu gabinete para conversar com os segmento até agora não contemplados com cargos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *