Hiroshi Bogéa On line

Helder suspende concursos públicos e corta 20% dos temporários, de contratos, serviços

O primeiro decreto do governador do Pará Helder Barbalho (MDB), já publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira, 3, dá uma tesourada na estrutura do serviço público estadual, cortando 20% dos funcionários temporários e cargos de livre nomeação, os DAS da administração pública.

A edição anuncia a suspensão de concursos públicos, que ainda não estejam com edital em andamento, por 30 dias, além de licitações e contratos. O DOE também veicula as inúmeras nomeações da equipe de Helder Barbalho para o novo governo.

O governador paraense justifica os cortes, como medidas de austeridade, alegando que é preciso para o “reequilíbrio fiscal e financeiro das contas públicas do Poder Executivo Estadual, dando cumprimento a todos os limites fixados pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LC Nº 101/2000).

Post de 

3 Comentários

  1. Plinio Pinheiro Neto

    8 de janeiro de 2019 - 20:53 - 20:53
    Reply

    Quanto aos concursos a postagem é bem clara e diz que os concursos com edital publicado são mantidos, a exemplo do Detran, Susipe e outros se não me engano. Quanto aos concursos de Prefeituras estes não são atingidos pois cada Município tem a sua autonomia.

  2. Paulo Sérgio

    6 de janeiro de 2019 - 01:59 - 1:59
    Reply

    Foi cancelado o de Ananindeua também ?

  3. Jairo

    5 de janeiro de 2019 - 18:43 - 18:43
    Reply

    Isso é equilíbrio ou “A vaca vai pro brejo”?
    Há muito concurseiro de “orelha deitada”.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *